Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

“Por vezes basta apenas estar”: Psicólogo ajuda população nos bairros de Lisboa

Nuno Colaço é psicólogo clínico e tem estado a apoiar a população de uma das freguesias mais envelhecidas da capital.
Vanessa Fidalgo 18 de Maio de 2020 às 08:44
Especialista Nuno Colaço
Especialista Nuno Colaço FOTO: Direitos Reservados

Antes do vírus, chegava a dar consultas aos mais velhos da rua para a janela. Agora, tem de ser por telefone. Nuno Colaço é psicólogo clínico e tem estado a apoiar a população de uma das freguesias mais envelhecidas da capital, Santa Maria Maior (que integra os bairros de Alfama, Baixa, Chiado, Castelo e Mouraria).

"O isolamento, a saúde, ameaçada em caso de contaminação, falta de liberdade, da relação e do toque fazem emergir comportamentos, inseguranças, fragilidades, dúvidas, medos, que, sendo esperados numa situação de catástrofe, são completamente novos para a esmagadora maioria da população, o que torna, por sua vez, o quotidiano ainda mais difícil e desorganizado", reconhece o psicólogo ao Correio da Manhã.

Nuno sabe bem que, para fazer face a estas questões, é fundamental o apoio à população, procurando o apaziguamento dos efeitos psicológicos da pandemia através do esclarecimento, do acompanhamento, da reorganização, ou do encaminhamento.

"Por vezes, basta apenas estar e fazer sentir essa presença que promove a conversa e o diálogo que interrompe momentaneamente a solidão...", relata sobre o que tem acontecido amiúde nas suas últimas semanas, durante as quais tem vindo a contactar os moradores da freguesia à distância (via telefone ou vídeo).

"Esta abertura à comunidade é fundamental, facilitando os canais de ajuda e de apoio, aproximando-nos, porque é assim que queremos fazer. Escutar. Ajudar. Encaminhar", remata o especialista.

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

Lisboa Castelo Baixa Nuno Colaço Santa Maria Maior Mouraria Alfama Chiado questões sociais política
Ver comentários