Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

PSD admite votar contra contagem integral do tempo para professores com uma condição

Governo terá de ser "convincente" ao explicar o condicionamento orçamental.
Lusa 18 de Junho de 2018 às 17:56
Fernando Negrão, líder parlamentar do PSD
Fernando Negrão, líder da bancada parlamentar do PSD, levou as suspeitas de corrupção de Sócrates a plenário
Fernando Negrão
Fernando Negrão, líder parlamentar do PSD
Fernando Negrão, líder da bancada parlamentar do PSD, levou as suspeitas de corrupção de Sócrates a plenário
Fernando Negrão
Fernando Negrão, líder parlamentar do PSD
Fernando Negrão, líder da bancada parlamentar do PSD, levou as suspeitas de corrupção de Sócrates a plenário
Fernando Negrão
O líder parlamentar do PSD admitiu esta segunda-feira que o partido pode votar contra a iniciativa legislativa de cidadãos que pede a contagem integral do tempo de carreira dos professores, caso o Governo "seja convincente" ao explicar o condicionamento orçamental.

À margem de uma visita aos Bombeiros Voluntários da Guarda, no âmbito das jornadas parlamentares do PSD, Fernando Negrão foi questionado sobre uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos (ILC), presumivelmente de professores, mas sem representação formal em estruturas sindicais, que já juntou as 20.000 assinaturas necessárias para se tornar projeto de lei, mas que só deverá ser debatido e votado na próxima sessão legislativa.

"O Governo diz que não há dinheiro e o que o PSD diz é: se esta é uma situação extraordinária, o Governo tem de explicar porque é que não há dinheiro, depois explicar porque é que é uma situação extraordinária, como se chegou a ela e se não tem a ver com a política de austeridade, pedir desculpa aos professores e voltar à mesa das negociações", elencou.

Questionado se votará contra esta ILC caso se confirme que não há dinheiro para fazer a contagem de todo o tempo de serviço dos professores que esteve congelado, Negrão respondeu: "Se a explicação for convincente, isso pode acontecer".

Instado a esclarecer se o PSD é ou não a favor do pagamento integral do tempo de serviço dos professores, o líder parlamentar do PSD respondeu que o partido "nunca faria essa promessa se soubesse que não tinha meios financeiros para fazer este pagamento", ao contrário do que acusa o Governo socialista de ter feito.

"Deu o dito não dito", criticou.
PSD Governo Fernando Negrão política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)