Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Ex-pugilista Mário Lino morre infetado com coronavírus

Notícia foi avançada pelo ex-árbitro José Leirós no Facebook.
Correio da Manhã 30 de Março de 2020 às 20:27
Pugilista Mário Lino
Pugilista Mário Lino FOTO: Facebook
O pugilista Mário Lino, conhecido na zona Norte do País, morreu aos 71 anos infetado com coronavírus.

A notícia foi avançada pelo ex-árbitro José Leirós no Facebook. "Maldito vírus que matou o meu Amigo", começa por escrever Leirós, dando conta de que o coronavírus tirou a vida a "uma lenda do Pugilismo da nossa Cidade do Porto, do nosso País".



A federação portuguesa de boxe (FPB) também já deu conhecimento da morte da antiga glória do boxe português.

"Recebemos a triste notícia de que o nosso Mário Lino, antiga gloria do boxe nacional, detentor de uma carreira ao nível de atleta e treinador ao longo de vários anos, faleceu hoje vítima de doença Covid-19", pode ler-se no comunicado divulgado pela FPB na sua página oficial na Internet.

O organismo deixa "os sinceros sentimentos à família e amigos e pede uma última homenagem a um dos atletas e treinador mais antigos da modalidade".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 750 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 36 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 148.500 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 140 mortes e 6.408 casos de infeções confirmadas. Dos infetados, 571 estão internados, 164 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Mário Lino Norte José Leirós País artes cultura e entretenimento coronavírus
Ver comentários