Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Quase metade dos alojamentos turísticos encerrados ou sem hóspedes devido ao coronavírus

Dados referentes a junho foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.
Lusa 3 de Agosto de 2020 às 12:30
Turista - imagem ilustrativa
Turista - imagem ilustrativa FOTO: Getty Images
Quase metade (45,2%) dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes em junho, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE).

"De acordo com os resultados de um questionário específico adicional que o INE promoveu durante os meses de junho e julho, 62,6% dos estabelecimentos de alojamento turístico respondentes (representando 78,6% da capacidade de oferta) assinalaram que a pandemia covid-19 motivou o cancelamento de reservas agendadas para os meses de junho a outubro de 2020, maioritariamente dos mercados nacional e espanhol", salienta.

A maioria dos estabelecimentos que previam estar em atividade entre junho e outubro contavam registar "taxas de ocupação inferiores a 50% em cada um desses meses".

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Instituto Nacional de Estatística INE economia negócios e finanças
Ver comentários