Reavaliados precários dos hospitais do Oeste excluídos por falta de habilitações

Ministério da Saúde está a reapreciar as candidaturas dos trabalhadores do Centro Hospitalar do Oeste (CHO).
Por Lusa|11.10.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O Ministério da Saúde está a reapreciar as candidaturas dos trabalhadores do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) ao Programa de Regularização de Vínculos Precários que tinham sido recusadas por falta de qualificações.

Em resposta a uma pergunta remetida pelo Bloco de Esquerda através do parlamento, a que a agência Lusa teve acesso, o Ministério da Saúde informa que "se encontram em fase de apreciação as reclamações dos candidatos do CHO, que foram excluídos dos procedimentos concursais (destinados à regularização de trabalhadores precários), com fundamento na falta de habilitações legais".

A tutela explica que a recusa dessas candidaturas pelo CHO resultou de "instruções da Direção-Geral da Administração Pública e Emprego Público e dos modelos de concurso disponibilizados".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!