Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Conselho de Ministros aprova hoje novas medidas de desconfinamento. Saiba o que muda a partir de 1 de junho

Mais novos podem voltar a frequentar os jardins de infância e deverão reabrir os cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos.
Lusa 29 de Maio de 2020 às 09:41
António Costa
António Costa
O Conselho de Ministros vai reunir-se esta sexta-feira para fazer o balanço das medidas da segunda fase de desconfinamento e tomar decisões relativamente à terceira fase, que prevê a reabertura do pré-escolar, dos cinemas, teatros e salas de espetáculo.

Esta reunião do executivo, que decorre no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, tem início marcado para as 9h30, e será presidida pelo primeiro-ministro, António Costa.

De acordo com o plano de desconfinamento do Governo, a partir de 01 de junho (Dia da Criança e o início da terceira fase do levantamento das restrições), os mais novos podem voltar a frequentar os jardins de infância.

No mesmo dia deverão reabrir os cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos, mas com regras. As sessões deverão ter lotação reduzida e deve ser acautelado o distanciamento físico entre os espetadores, que terão lugares marcados.

A partir de junho, as empresas poderão também recorrer ao teletrabalho parcial, desde que os trabalhadores tenham "horários desfasados ou equipas em espelho".

De acordo com o plano de desconfinamento, na terceira fase deverão reabrir as Lojas do Cidadão com obrigatoriedade do uso de máscara e atendimento por marcação prévia.

Para esta fase está prevista também a reabertura ao pública de lojas com área superior a 400 metros quadrados, ou inseridas em centros comerciais.

Na quinta-feira, no final de mais um encontro com especialistas sobre a "situação epidemiológica da covid-19 em Portugal", no Infarmed, em Lisboa, o Presidente da República considerou que "a fotografia" da evolução da pandemia de covid-19 no país "é favorável", mas admitiu preocupação com situação na região de Lisboa, onde tem crescido o número de infetados.

De acordo com Marcelo Rebelo de Sousa, o surgimento de casos de covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo deve e vai ser ponderado nas decisões a adotar pelo Governo nos próximos dias e semanas.

Também o PSD transmitiu aos jornalistas que o executivo vai estudar a possibilidade de adiar, na região de Lisboa e Vale do Tejo, a aplicação de algumas das medidas previstas no âmbito da terceira fase de desconfinamento, avaliação que seria feita antes do Conselho de Ministros desta sexta-feira.

Portugal contabiliza pelo menos 1.369 mortes associadas à covid-19 em 31.596 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)