Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Samba vai dominar junto ao mar no Carnaval da Figueira da Foz

A marginal de Buarcos já viveu um pouco do que vai ser a festa dos próximos dias, com um ensaio que levou muita cor e alegria.
Gonçalo Silva, Sofia Garcia, Francisco Gomes e João Saramago 21 de Fevereiro de 2020 às 12:59
Carnaval na Figueira da Foz
Carnaval no Montijo
Carnaval nas Caldas da Rainha
Carnaval em Samora Correia
Carnaval na Figueira da Foz
Carnaval no Montijo
Carnaval nas Caldas da Rainha
Carnaval em Samora Correia
Carnaval na Figueira da Foz
Carnaval no Montijo
Carnaval nas Caldas da Rainha
Carnaval em Samora Correia
Com três escolas de samba, seis grupos associativos, dezenas de foliões e muita sátira, a Figueira da Foz já está preparada para o Carnaval. Os pontos altos da festa acontecem na avenida, junto ao mar, nos desfiles de amanhã (noturno) e nas tardes de domingo e terça-feira. Os atores Noémia Costa e João Batista são os reis desta edição, que conta com um orçamento de 120 mil euros.

"A Figueira da Foz é diferente. Temos muita animação e muita alegria, com um palco de festa junto ao mar que inspira quem participa e quem nos visita", explica Liliana Pimentel, presidente da Associação do Carnaval de Buarcos/Figueira da Foz.

Após um trabalho que dura vários meses, as escolas de samba já deram a conhecer um pouco do que irá ser a festa, num desfile/ensaio na marginal de Buarcos. "Vamos ter muito samba, muita cor e, acima de tudo, muita animação", refere José Gouveia, da escola de samba Novo Império.

Também Sónia Sargento, da Escola de Samba GRES - A Rainha destaca "as excelentes condições da avenida junto ao mar para a festa" e promete desfiles com "muita cor e algumas surpresas".

Já Júlio Guerra, da Escola Unidos do Mato Grosso, acredita que "a Figueira tem um Carnaval diferente" e diz levar "muitas novidades, samba e muita alegria a quem for ver os cortejos". Para já, ultimam-se os pormenores com colagens, cortes e pequenos ajustes nos fatos e nos passos de dança.

O bilhete para os desfiles tem o valor de 4 euros. Haverá ainda várias festas e bailes em muitas das associações culturais da cidade.

As festividades de Carnaval arrancam esta sexta-feira em muitas localidades do País, com os tradicionais desfiles infantis. Para os próximos dias não está prevista chuva e as temperaturas máximas deverão rondar os 20 graus em Portugal continental.

Sátira política em 10 carros alegóricos
No Montijo foge-se aos ritmos do samba, aos corpos despidos e abrem-se as portas à boa-disposição e ao Carnaval tipicamente português, com 10 carros alegóricos e 1330 figurantes. Impera a sátira política e social com a banda Os Xuxas como cabeça de cartaz. Nos desfiles de domingo e terça-feira os montijenses vão conhecer António Costa, Marcelo Rebelo de Sousa e Joacine Katar Moreira como nunca os viram, e até o presidente da câmara é caricaturado.

Zé Povinho e Maria Paciência dão o mote à festa
O Carnaval das Caldas da Rainha é fortemente influenciado pelo universo de Bordallo Pinheiro, tendo Maria Paciência e Zé Povinho como reis da folia. Vestindo a pele das personagens, Céu Ribeiro, de 53 anos, e Cláudio Silva, de 30 anos, mãe e filho, foram escolhidos num casting para assumirem a atitude e alegria contagiante das figuras bordalianas. Os desfiles principais acontecem amanhã, às 21h30, e dias 23 e 25, às 15h00, com mais de 1200 figurantes e 20 carros alegóricos.

Festa trapalhona reina no Ribatejo
Ano após ano são cada vez mais os que fazem a brincadeira em Samora Correia, naquele que é o maior Carnaval do Ribatejo. A cidade do concelho de Benavente conta com 11 carros alegóricos e nove grupos, num total de 400 foliões. "É um Carnaval trapalhão genuíno", disse o presidente da Associação Recreativa Amigos de Samora (ARCAS), Rúben Veiga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)