Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

"Se os pais se virem aflitos, peçam ajuda": Especialista em psicologia dá dicas para combater isolamento

José Morgado diz que o mais importante neste momento é ter muita paciência.
Ana Maria Ribeiro 8 de Abril de 2020 às 08:27
José Morgado aconselha os pais
José Morgado aconselha os pais FOTO: Direitos Reservados
José Morgado, especialista em Psicologia da Educação, dá conselhos práticos para manter as crianças ocupadas e mentalmente saudáveis. Fundamental nos dias que correm.

CM – Como é que as famílias lidam com as crianças em tempo de confinamento?
– Não há manual de instruções. Ninguém tem a receita infalível para lidar com estes dias, mas há orientações que podem ajudar. Manter as rotinas. Há rotinas que são organizadoras do tempo dos miúdos, da mesma maneira que o são para os adultos. Hora de acordar, de ir para a cama...

– Ficar em casa pode, por si só, desencadear conflito?
- Pode gerar instabilidade. Pais e miúdos chegam ao final do dia cansados e muitas vezes falta a paciência. O que digo, e repito, aos pais é que é preciso ter muita paciência. No fim do dia, é bom procurar atividades repousantes que possam fazer em conjunto. Ver um filme, não abusando do tempo de exposição ao ecrã, sobretudo no caso dos mais pequenitos; prolongar o banho, que normalmente é uma atividade de que os miúdos gostam e que é relaxante.

– Há o perigo de os miúdos fazerem mais birras?
- Aí, sugeria aos pais que lessem o comportamento das crianças. Não insistam, desacelerem, tentem arranjar formas de abordagem mais tranquilas. E estejam atentos aos comportamentos menos habituais: um miúdo que começa a comer desalmadamente, por exemplo. As famílias que têm acesso, criem comunidades de amigos na internet, através das redes sociais. Ponham os miúdos em contacto com os amigos. Tudo tem de ser explorado. Estamos numa zona de aprendizagem para todos. E se estiverem aflitos, há linhas de ajuda para pais. Peçam ajuda.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)