Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Sobe para 266 o número de mortos por coronavírus em Portugal. Há mais de 10 mil infetados no País

Número de doentes recuperados sobe de 68 para 75.
Correio da Manhã e Lusa 4 de Abril de 2020 às 12:02
A carregar o vídeo ...
Dados atualizados da pandemia do coronavírus deste sábado em Portugal
Subiu para 266 o número de mortos por coronavírus em Portugal. São mais 20 o número de mortos em relação a esta sexta-feira. Há 638 novos casos em 24 horas.

O número de infetados ultrapassa agora os 10 mil, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Até ao momento, há 75 pessoas recuperadas, mais 7 que o número avançado até esta sexta-feira.

A região Norte é a que regista o maior número de mortes (141), seguida da região Centro (66), da região de Lisboa e Vale do Tejo (54) e do Algarve (5). Quanto à região do Alentejo, o relatório da DGS de sexta-feira apresentava um óbito, mas o de hoje tem zero registos. Relativamente a sexta-feira, em que se registavam 246 mortes, observou-se este sábado um aumento de 8,1% (mais 20). Relativamente aos casos confirmados, tiveram um aumento de 6,5% face a quinta-feira.

Lisboa continua a ser o concelho com mais casos de infetados com coronavírus, seguindo-se o Porto e Vila Nova de Gaia. 5518 pessoas aguardam os resultados do teste à covid-19.

"Na ARS Alentejo ontem constava um óbito e hoje constam zero óbitos. Na caracterização dos óbitos ocorridos, ontem havia mais um óbito no grupo masculino, no grupo dos 50 aos 59 anos, e mais um óbito no grupo feminino dos 70 aos 79 anos. Isso decorre de terem sido casos, no resultado laboratorial, na autópsia, tiveram como consequência não ser uma morte associada à Covid-19", confirmou a Ministra da Saúde, Marta Temido, durante conferência de imprensa.

"260 mil testes e 80 mil zaragatoas vão chegar nos próximos dias", continuou.

Ministra da Saúde reitera conselho para o uso de máscaras, luvas e toucas para profissionais de saúde e pessoas que possam estar em contacto com doentes

Na conferencia de imprensa diária realizada na Direção-Geral de Saúde, Marta Temido renovou o conselho de que as máscaras cirúrgicas, assim como o equipamento de proteção -- máscaras, luvas e toucas - "continuam a ser aconselhadas para profissionais de saúde e para pessoas que contactem com doentes de covid-19 e [com] materiais por eles utilizados".

"Também por familiares e cuidadores ou para aqueles que trabalhem em unidades especificas, como lares ou na rede de cuidados continuados", disse Marta Temido, acrescentando à lista os "doentes em terapêutica com imunossupressores, que fazem hemodiálise, e aqueles em tratamentos oncológicos de 'quimio' e radioterapia, aquando das deslocações".

A ministra da Saúde lembrou ainda a importância de as marcaras serem igualmente utilizadas pelos elementos das estruturas prisionais, das forças militares e das forças de segurança nas operações que vão desenvolvendo nas ruas.

A ministra da Saúde anunciou ainda a chegada, já hoje, de três milhões de máscaras cirúrgicas, além de 400 mil máscaras FFP2 e também de 80 mil zaragatoas e 260 mil testes.

144 ventiladores novos chegam a Portugal

A ministra da Saúde, Marta Temido, avançou também que chegam no domingo "144 ventiladores novos" de uma encomenda de um total de 1.500.

"Os primeiros 144 ventiladores novos de uma encomenda de cerca de 1.500 chegam amanhã [domingo], resultado de aquisição e doação", disse a ministra, lembrando estarem em lista de espera para entrega "1.298 ventiladores invasivo e 140 não invasivos".

Ministra da Saúde garante "melhores esforços" para resposta a nível de saúde mental

Marta Temido garantiu este sábado estar a "desenvolver os melhores esforços" para que as respostas ao nível da saúde mental possam proteger os portugueses, frisando ser altura de "equilibrar o medo com a coragem".

"Todos temos medo, mas este é o momento de equilibrar o medo com a coragem: a coragem de ficar em casa, a coragem de continuar a ajudar os outros, desde que devidamente protegidos, a coragem de pedir ajuda quando precisamos dela", disse Marta Temido.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)