Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Sobe para 44 o número de infetados por coronavírus na Madeira

Novo caso trata-se de uma pessoa na faixa etária dos 20 a 29 anos com residência no Funchal.
Lusa 3 de Abril de 2020 às 20:07
Testes ao coronavírus
Testes ao coronavírus FOTO: EPA/ALESSANDRO DI MEO
O Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE) da Madeira elevou esta sexta-feira para 44 o número de infeções por covid-19 no arquipélago, mais um do que na quarta-feira porque na quinta-feira não foram registados novos casos.

"No dia de hoje temos mais um caso positivo a reportar desde o último boletim informativo. Totalizamos, então, 44 casos positivos e, de um total de 277 casos suspeitos estudados, 232 deram resultados negativos", revelou a vice-presidente do IASAÚDE, Bruna Gouveia.

Dos 20 casos suspeitos estudados no dia desta sexta-feira, apenas um deu positivo, tratando-se de uma pessoa na faixa etária dos 20 a 29 anos com residência no concelho do Funchal.

"Este doente regressou da região de Lisboa e Vale do Tejo e estava a cumprir quarentena desde a sua chegada no seu domicílio", observou.

No que diz respeito aos dois casos que na quinta-feira aguardavam resultados laboratoriais, "um deles foi negativo e o outro aguarda resultado do exame laboratorial".

Bruna Gouveia referiu ainda que apenas dois, dos 44 casos suspeitos, continuam internados e estáveis na unidade dedicada à covid-19 no Hospital Dr. Nélio Mendonça.

"Cinco do total dos positivos, fizeram na quinta-feira teste para reavaliação, dois deles tiveram o primeiro resultado negativo para a covid-19 e aguardam a repetição do teste após passadas 48 horas para poderem, caso tenham resultado negativo, serem considerados recuperados", revelou.

Os restantes doentes permanecem em isolamento no domicílio ou em unidade hoteleira designada para o efeito.

Em vigilância ativa encontram-se 691 pessoas, entre as quais cinco profissionais de saúde e dez bombeiros do concelho do Porto Santo, e, em vigilância passiva, estão 428 pessoas.

Em alojamento designado e a cumprir quarentena obrigatória estão 277 pessoas, das quais 28 estão no hotel Praia Dourada (Porto Santo), 95 na Quinta do Lorde (Machico) e 154 no hotel Vila Galé (Santa Cruz).

A Linha SRS24 registou 76 chamadas até às 15h00 horas desta sexta-feira, apresentando um total cumulativo de 5100 chamadas desde a sua ativação, em 27 de janeiro.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 55 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 200 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 246 mortes, mais 37 do que na véspera (+17,7%), e 9.886 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 852 em relação a quinta-feira (+9,4%).

Dos infetados, 1.058 estão internados, 245 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 68 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00h00 de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, depois do prolongamento aprovado na quinta-feira na Assembleia da República.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 de março o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Ver comentários