Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

TAP garante dois terços dos salários a todos os trabalhadores em 'lay-off'

Companhia aérea vai avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos cerca de 11 mil trabalhadores.
Lusa 31 de Março de 2020 às 21:03
Avião da TAP
Avião da TAP FOTO: Mário Cruz/Lusa
A TAP vai garantir dois terços dos salários a todos os trabalhadores em 'lay-off', assumindo a diferença nas remunerações que fiquem acima do teto máximo de 1.905 euros, disseram à Lusa fontes da companhia aérea.

A companhia aérea informou esta terça-feira que vai avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos cerca de 11.000 trabalhadores, que prevê o pagamento de dois terços das remunerações fixas mensais para os colaboradores em suspensão temporária da prestação do trabalho, quando o regime anunciado pelo Governo estipula que o trabalhador recebe um limite máximo correspondente a três salários mínimos (1.905 euros).

O 'lay-off' simplificado entrou em vigor na sexta-feira e é uma das medidas excecionais aprovadas para a manutenção dos postos de trabalho no âmbito da crise causada pela pandemia covid-19.

TAP Lusa economia negócios e finanças Informação sobre empresas grandes empresas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)