Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

TAP pode perder 2000 trabalhadores e quem ficar arrisca cortes de pelo menos 20%

Plano de reestruturação da TAP prevê um corte de até 30% na massa salarial da companhia.
Correio da Manhã 26 de Novembro de 2020 às 20:21
Avião da TAP
Avião da TAP FOTO: David Martins
O plano de reestruturação da TAP prevê, entre outros, o corte de no mínimo 20% na remuneração dos trabalhadores que fiquem na empresa e a redução do número de trabalhadores que pode chegar aos dois milhares, segundo avança o ECO.

A data limite para o Governo apresentar o plano de restruturação para a companhia aérea é 10 de dezembro. A TAP terá de registar um corte na massa salarial de 20% a 30% no plano que entregará a Bruxelas.
TAP economia negócios e finanças transportes aviação
Ver comentários