Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Vertebroplastia, a técnica inovadora que trata fraturas

Injeção com cimento serve para aliviar a dor do paciente.
Francisca Genésio 18 de Fevereiro de 2018 às 08:01
Técnica inovadora trata fraturas
Médicos
Médicos
Técnica inovadora trata fraturas
Médicos
Médicos
Técnica inovadora trata fraturas
Médicos
Médicos
A vertebroplastia percutânea é um procedimento minimamente invasivo e utilizado na ‘reconstrução’ de vértebras, isto é, trata fraturas compressivas derivadas da osteoporose ou de tumores.

"A técnica permite, com uma única incisão de cinco milímetros, injetar no corpo da vértebra que está fraturada cimento biocompatível [próprio para ossos]. A picada é realizada através da pele com uma agulha fina", explicou o neurocirurgião Joaquim Teixeira.

De acordo com o clínico, a injeção tem uma dupla ação: "Desde logo, a anestesiologia, isto é, o alívio da dor, e depois a sustentação da própria vértebra." O procedimento é geralmente feito com sedação ou anestesia local e demora entre 15 e 25 minutos. "Os doentes sentem geralmente um alívio da dor logo nas primeiras horas do pós-operatório", revela o neurocirurgião.

A vertebroplastia, além do alívio da dor, permite ainda uma redução "em cerca de um terço" da medicação. No entanto, a técnica minimamente invasiva não pode ser realizada em fraturas que tenham muito tempo. "Quando a fratura é crónica, isto é, antiga, o osso já não se encontra em condições para receber o cimento", explicou o médico Joaquim Teixeira.

"Pior do que já estava não ia ficar"
Graciete Santos, 67 anos, foi operada três vezes à coluna, mas as dores, ainda assim, continuaram. "O médico sugeriu-me uma técnica inovadora e, como confio nele, disse-lhe que nem me importava de ser cobaia, porque pior do que eu já estava não ia ficar", conta.

Graciete submeteu-se à vertebroplastia em novembro do ano passado. Depois do procedimento, Graciete sentiu um "alívio imediato". "A recuperação foi muito rápida e o médico já confirmou com ressonância que está tudo bem. Nunca mais tive dores", revela. 

Postura corporal correta para prevenir problemas  
As dores na coluna vertebral são um problema grave que afeta grande parte dos portugueses. A dor pode surgir devido a fraturas ósseas, devido a problemas nas articulações ou ainda devido a contraturas musculares. A melhor forma de evitar as dores nas costas é adotar medidas preventivas para a ‘construção’ de uma coluna vertebral mais forte.

Levantar pesos de forma regular e treinar a força cardiovascular pelo menos  três vezes por semana pode ajudar a combater a perda de massa óssea, bem como a fortalecer os músculos. Para evitar dores de costas deve ainda adotar uma postura corporal correta: nem inclinada para a frente, nem ter as costas arqueadas demais.

Deve também ter atenção, quando está sentado ao computador, em colocar o ecrã ao nível dos olhos. Deve ainda evitar carregar muitos pesos e escolher uma cama adequada, com um colchão mais rijo. Pode ainda recorrer a massagens terapêuticas e fisioterapia para o alívio da dor. Ainda assim, deve consultar um médico para diagnóstico e tratamento mais adequado. 

"Risco é inferior a 1 por cento" 
Joaquim Teixeira - Neurocirurgião no H. Sta Maria, Lisboa

- Há riscos associados à vertebroplastia?

Joaquim Teixeira – Sim, embora sejam abaixo de 1%. Há risco de hemorragia, infeção e extravasamento do cimento.

– Que quantidade de cimento é injetada?
– São injetados cerca de 3 a 4 centímetros cúbicos de cimento, dependendo do tamanho da vértebra.

– Uma injeção é suficiente para eliminar as dores?
– Neste momento sim, porque a vertebroplastia foi ‘atualizada’. Cada vértebra tem dois pedículos e antes, para se ter sucesso com a técnica, era realizada uma injeção em cada pedículo. A nova versão da técnica permite através de uma só injeção ter sucesso, até porque a vértebra fica sedimentada de forma homogénea.

– Pode realizar-se o procedimento em várias vértebras simultaneamente?
– Sim, desde que as fraturas dessas vértebras sejam agudas, ou seja, recentes, de forma a que o osso ainda consiga receber a injeção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)