Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Técnicos de diagnóstico e terapêutica juntam-se à greve da função pública no dia 31

Análises clínicas, cardiologia e audiologia "serão algumas das áreas afetadas por esta paralisação".
Lusa 17 de Janeiro de 2020 às 19:35
Técnicos de Diagnóstico em Protesto, a 12 de outubro
Técnicos de Diagnóstico em Protesto, a 12 de outubro
Técnicos de diagnóstico em protestos
Técnicos de Diagnóstico em Protesto, a 12 de outubro
Técnicos de Diagnóstico em Protesto, a 12 de outubro
Técnicos de diagnóstico em protestos
Técnicos de Diagnóstico em Protesto, a 12 de outubro
Técnicos de Diagnóstico em Protesto, a 12 de outubro
Técnicos de diagnóstico em protestos
Os técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica (TSDT) vão juntar-se à greve decretada para a função pública no dia 31 de janeiro, prevendo constrangimentos no atendimento no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas do Diagnóstico e Terapêutica (STSS) adianta, em comunicado, que as análises clínicas, raio x, cardiologia, audiologia, farmácia, neurofisiologia e cirurgias programadas "serão algumas das áreas afetadas por esta paralisação".

Estes funcionários aderem à manifestação nacional agendada, pelas 14:30, no Marquês do Pombal, em Lisboa, estando na base desta greve a "defesa de aumentos salariais justos e a defesa dos serviços públicos".

Serviço Nacional de Saúde TSDT SNS saúde greves
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)