Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Tecnologia do século XXI aplicada a grutas paleolíticas em Portugal e Espanha

Iniciativa está em curso desde 2018 e foi este sábado apresentada na localidade de Escoural.
Lusa 27 de Novembro de 2021 às 21:24
Gruta de Benagil, em Lagoa
Gruta de Benagil, em Lagoa FOTO: Direitos Reservados
As grutas do Escoural (Portugal) e de Maltravieso (Espanha), as únicas do sudoeste ibérico com arte rupestre do Paleolítico, estão a ser estudadas com tecnologias do século XXI e vão ter visitas turísticas virtuais, através do 3D.

Os dois locais, um no concelho alentejano de Montemor-o-Novo, no distrito de Évora, e o outro em Cáceres, na Estremadura espanhola, são alvo do projeto transfronteiriço First-Art, num investimento de cerca de meio milhão de euros, com financiamento comunitário.

A iniciativa de conservação, documentação e gestão das grutas, as "primeiras manifestações de arte rupestre no sudoeste da Península Ibérica", está em curso desde 2018 e foi este sábado apresentada na localidade de Escoural.

Ver comentários