Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

“Trabalhar ao som do choro”: O testemunho de um pai em confinamento

Tiago Pinto tem dois filhos com menos de dois anos.
Vanessa Fidalgo 6 de Abril de 2020 às 02:43
Tiago Pinto tem dois filhos com menos de dois anos
Tiago Pinto tem dois filhos com menos de dois anos FOTO: Direitos Reservados

É em casa, na zona de Sesimbra, que Tiago Pinto se tornou num ‘homem dos sete ofícios’. Continua a desempenhar as suas funções como designer de sistemas digitais para a Fundação da Ciência e Tecnologia, ao mesmo tempo que cuida dos filhos, Isaac (11 meses) Igor (dois anos) e ainda vai gerindo o turismo rural da família, que está "parado" mas implica cuidados de manutenção. Até porque é ali que vivem também alguns dos elementos que têm vindo a amenizar o peso destes dias. "Temos a sorte de ter espaço ao ar livre, uma cabrinha anã (o Elias) e vários cães, que vão entretendo os miúdos e que nos acompanham nos passeios pelo bosque ao final do dia", conta.

Mas apesar do cenário aprazível, os dias de Tiago não são fáceis: "A mãe está a trabalhar, portanto, é preciso trabalhar sempre com os choros, os pedidos de atenção, enfim, essa verdadeira ‘música de Beethoven’ que não ajuda muito à concentração. Só consigo trabalhar mais à tarde, quando a mãe chega".

Tenta dar e fazer o seu melhor: "É preciso fazer coisas para os manter entretidos e animados e por aqui apostamos muito no exercício físico, para queimarem energias: fazemos aulas de dança, de ginástica, de ioga, tudo o que lhes faz bem a eles e a nós", diz.

A família ressente-se ainda da quebra no seu pequeno negócio familiar, já que parte da propriedade onde vivem estava consignada a um pequeno turismo rural: "Logo no início do ano tivemos pessoas a cancelar. Um casal de médicos alemães, por exemplo, nem sequer levantou voo. Mas tudo vai melhorar", vaticina.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)