Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Universidade de Aveiro tem mais um caso de Covid-19 entre estudantes. São já 32 os alunos infetados

Primeiros casos surgiram no dia 7, um dia depois do início das aulas naquela instituição de ensino.
Lusa 11 de Outubro de 2020 às 23:50
Universidade de Aveiro
Universidade de Aveiro FOTO: Manuel Pereira da Silva
As autoridades de saúde confirmaram este domingo mais um caso de covid-19 na Universidade de Aveiro (UA), elevando para 32 o número de alunos infetados, informou fonte académica.

Numa nota enviada à comunidade académica, o reitor da UA, Paulo Jorge Ferreira, refere que atualmente existem 32 alunos que testaram positivo, sendo 30 do primeiro contágio identificado no dia 07 e dois casos isolados.

De acordo com o reitor, até ao momento nenhum dos alunos infetados com o novo coronavírus teve de ser hospitalizado.

"Continuarei a informar a comunidade académica de todos os desenvolvimentos de que tiver conhecimento, com total transparência. Conto com todos para, num ambiente de confiança, ultrapassarmos os desafios deste novo ano académico", lê-se na nota subscrita pelo reitor.

No sábado, numa ação conjunta que envolve as autoridades de saúde e a UA, foram testados 95 "contactos de risco", identificados como tal pelas autoridades de saúde.

Os primeiros casos de covid-19 na UA surgiram no dia 07, um dia depois do início das aulas naquela instituição de ensino.

Na altura, a Reitoria informou que havia 15 alunos infetados de nacionalidade espanhola que estavam a frequentar a UA ao abrigo do programa Erasmus.

De acordo com a mesma fonte, o contágio teria ocorrido na semana passada, num evento externo à Universidade.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e quatro mil mortos e mais de 37,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.080 pessoas dos 86.664 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

 

JDN // JH

Lusa/Fim

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários