Pedro Sánchez Espanha Luís Figo estado de emergência coronavírus covid-19 pandemia