Governo Passos Coelho FMI António Costa Portugal Mário Soares dívida