eutanásia parlamento aprova medicamente assistida