Famalicão atirador crime lei e justiça feridos