Ernâni Lopes economia negócios e finanças portugal prosperidade investimento troika recuperação