PS JĂșlio Miranda Calha morte