Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

CM consolida liderança nas vendas em banca

Correio da Manhã mantém quota de mercado acima dos 60% e é o jornal mais lido pelos portugueses.
Sónia Dias 28 de Junho de 2019 às 01:30
 Redação do CM/CMTV
Redação do Correio da Manhã e CMTV
 Redação do CM/CMTV
Redação do Correio da Manhã e CMTV
 Redação do CM/CMTV
Redação do Correio da Manhã e CMTV
A liderança do Correio da Manhã mantém-se inabalável. Entre janeiro e abril, voltou a ser o jornal preferido dos portugueses, liderando com uma larga vantagem a lista dos jornais e revistas de informação mais vendidos em banca em Portugal.

Segundo os dados esta quinta-feira divulgados pela Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT), nos primeiros quatro meses deste ano o CM vendeu uma média de 72 633 exemplares por dia e registou uma quota de mercado de 61,6%. Isto quer dizer que em cada cem leitores de jornais generalistas, cerca de 62 compram o Correio da Manhã.

O semanário ‘Expresso’ continua a ocupar o segundo lugar da tabela dos jornais e revistas de informação portugueses mais vendidos em banca, com uma média de 52 948 exemplares diários, o que corresponde a uma descida de 7%. Logo a seguir surge o ‘Jornal de Notícias’, cujas vendas caíram 10%, para 31 649 exemplares por dia.

O ‘Record’ continua a ser o desportivo mais vendido e ocupa o terceiro lugar na lista, com uma média de 27 331 exemplares. Logo a seguir está a revista ‘Sábado’, com 20 434, seguida da ‘Visão’, que vendeu uma média de 15 845 exemplares.

Com 13 639 jornais por dia, o ‘Público’ ficou em sétimo lugar, seguido pelo desportivo ‘O Jogo’, que ocupa a última posição, com uma média de 9822 vendas em banca.

O ‘Diário de Notícias’, que desde julho do ano passado passou a ser semanário, vendeu 3981 jornais, registando uma descida de 36%.

A crise continua a afetar a venda de jornais generalistas em Portugal, com este mercado a registar uma quebra de 8% entre janeiro e abril, o que equivale a uma perda de 10 180 exemplares relativamente ao ano anterior.

Em termos globais, as vendas de jornais e revistas de informação caíram 7,3%, o que representa menos 19 331 exemplares.

SAIBA MAIS 
40 343
exemplares em banca. Foi quanto vendeu a ‘TV Guia’ entre janeiro e abril. Foi a única revista de televisão a aumentar as vendas (6%) neste período. ‘TV 7 Dias’ continua a liderar o segmento, com 64 278 exemplares vendidos semanalmente. Já a ‘TV Mais’ vendeu uma média de 27 953 revistas em banca.

Não auditados
O diário ‘i’, o semanário ‘Sol’ e o jornal desportivo ‘A Bola’ não são auditados, por opção própria, pela Associação para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT).
Ver comentários