Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Comunicação social reclama mais medidas para enfrentar crise provocada por pandemia

Meios privados dizem que 15 milhões anunciados ficam “aquém do justo e necessário”.
Duarte Faria 19 de Abril de 2020 às 01:30
Imprensa enfrenta dificuldades devido às quebras de circulação e publicidade provocadas pela pandemia
Imprensa enfrenta dificuldades devido às quebras de circulação e publicidade provocadas pela pandemia FOTO: Nuno Fonseca / Movephoto
A Plataforma de Media Privados (PMP) - que junta os grupos de comunicação social Cofina (detém o CM e CMTV), Global Media Group, Impresa, Media Capital, Público e Renascença Multimédia - considera que a medida anunciada pelo Governo para ajudar os media a enfrentar a crise provocada pela pandemia de Covid-19 fica "muito aquém do justo e necessário" para o setor.

Considera a PMP que os 15 milhões de euros anunciados pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, para a compra antecipada de publicidade institucional, "pouco ou nada acrescentam às verbas tradicionalmente inscritas em sede orçamental para os mesmos fins", e que a sua distribuição da verba pelos diferentes órgãos de comunicação social levanta dúvidas.

"Esperamos que os critérios de repartição sejam os mais corretos, como vimos defendendo, e que os mecanismos burocráticos do Estado não dificultem a sua fluidez." A PMP espera ainda que os preços de contratação sejam, no mínimo, equivalentes aos médios de mercado, e mostra preocupação com o número e a natureza das entidades que serão chamadas a regular este processo. O Governo anunciou que, na próxima semana, vai iniciar o trabalho com empresas e organizações do setor para fechar a distribuição e o espaço desta publicidade institucional. Recorde-se que 75% do valor irá para os meios nacionais (TV, rádio e publicações periódicas de informação geral) e os restantes 25% para a imprensa local e regional.

A Associação Portuguesa de Imprensa e a Associação Portuguesa de Imprensa de Inspiração Cristã congratularam a medida do Governo mas referem que a mesma "não resolve, por si só, todos os graves problemas que o nosso setor neste momento enfrenta".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)