Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Consumo de conteúdos para adultos dispara durante quarentena

Espanha foi o país que registou maior subida, mas há uma explicação para isso.
Sónia Dias 22 de Março de 2020 às 01:30
Consumo de conteúdos para adultos está a aumentar em todo o mundo
Consumo de conteúdos para adultos está a aumentar em todo o mundo FOTO: IStockphoto

Com as pessoas a passarem mais tempo em casa devido à pandemia, a procura de conteúdos para adultos está a registar os valores mais altos de sempre.

De acordo com um estudo elaborado pelo site de pornografia Pornhub para a revista norte-americana ‘Forbes’, desde 24 fevereiro que a procura por este tipo de conteúdos tem vindo a aumentar progressivamente. No dia 17 de março, última data em análise, o consumo de porno subiu 11,6% em relação a um dia normal na plataforma.

Em Itália, por exemplo, a procura de vídeos para adultos chegou aos 57% depois do Pornhub ter tornado gratuito o seu serviço premium em todo o território, a 12 de março. O mesmo aconteceu, dias mais tarde, em França e Espanha, com os números a dispararem 38,2% e 61,3% respetivamente.

Apesar de não ter acesso gratuito a este serviço, Hong Kong foi a região onde o consumo de pornografia mais aumentou, chegando aos 23,4%, seguido da Índia (18,1%) e do Brasil (13,1%). Nos Estados Unidos, onde o Pornhub tem mais utilizadores, a subida não foi além dos 6,4%.

Na Europa, a Irlanda lidera a tabela, com um crescimento de 17,9%. Seguem-se República Checa (14,8%), Holanda (14%), Noruega (11,8%), Suíça (11,5%) e Bélgica (9,5%).

Segundo o estudo, o período entre as 23h00 e as 00h00 é o preferido para assistir a este tipo de vídeos. Já o período entre as 04h00 e as 05h00 é o menos utilizado pelos consumidores.

Pornhub economia negócios e finanças questões sociais estilo de vida e lazer pornografia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)