Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Coronavírus domina pesquisas no Google em 2020

Escola virtual, eleições nos EUA e Pedro Lima foram os outros temas mais procurados em Portugal.
Sónia Dias 10 de Dezembro de 2020 às 09:14
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Reuters
Sem surpresa, coronavírus foi a palavra mais pesquisada no Google em todo o Mundo em 2020. Em Portugal, a pandemia também dominou atenções. Os portugueses pesquisaram ainda por ‘dicas coronavírus’ e Estado de Emergência. Também quiseram saber os significados de lay-off e mitigação, e aprender na internet a fazer máscaras e desinfetante caseiro. Durante a quarentena, pesquisaram também a melhor maneira de fazer pão em casa.

Ainda na sombra da Covid-19, outros dos assuntos mais pesquisados este ano pelos internautas lusos foram Escola Virtual, Classroom, DGS e Zoom. Contudo, houve também tempo para acompanhar as eleições nos EUA e para chorar a morte do ator Pedro Lima, que ocupa o 5º lugar no ranking de temas. O futebol também esteve em destaque, com Bruno Fernandes e Cavani a liderarem a lista das personalidades nacionais e internacionais mais procuradas, respetivamente.

A nível global, o novo coronavírus e o resultado das eleições norte-americanas dominaram as pesquisas, com uma surpresa: IPL (sigla da Indian Premier League de cricket) ficou em 5º lugar. Na verdade, foi o termo mais pesquisado na Índia, ficando à frente de coronavírus. Kobe Bryant, Joe Biden, Zoom, Irão e Kim Jong-un também integram a lista de preferências.

No relatório ‘O Ano em Pesquisa’, ontem divulgado, a Google destaca ainda o facto de este ter sido o ano dos porquês: "porque se chama Covid-19", "porque existem tantos incêndios" ou ainda "porque sonham as pessoas", foram algumas das principais questões colocadas.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários