Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Empresa Ongoing só tem 7500 euros para pagar a credores

Administrador judicial vendeu móveis de escritório da empresa de Nuno Vasconcellos para pagar a credores.
António Sérgio Azenha 24 de Janeiro de 2019 às 01:30
Nuno Vasconcellos controlou, através da Ongoing, o jornal ‘Diário Económico’
Nuno Vasconcellos, prsidente da Ongoing
Nuno Vasconcellos, prsidente da Ongoing
Nuno Vasconcellos controlou, através da Ongoing, o jornal ‘Diário Económico’
Nuno Vasconcellos, prsidente da Ongoing
Nuno Vasconcellos, prsidente da Ongoing
Nuno Vasconcellos controlou, através da Ongoing, o jornal ‘Diário Económico’
Nuno Vasconcellos, prsidente da Ongoing
Nuno Vasconcellos, prsidente da Ongoing
A Ongoing Strategy Investments, empresa de Nuno Vasconcellos, apenas dispõe de 7500 euros para fazer face ao pagamento das dívidas reclamadas pelos credores, cujo montante ronda os 1,3 mil milhões de euros.

Os 7500 euros foi a verba arrecadada pelo administrador de insolvência, no âmbito do processo de liquidação da Ongoing, com a venda dos bens apreendidos na sede da empresa em novembro de 2016.

Os bens vendidos consistiam em material de escritório arrestado em vários gabinetes na antiga sede da Ongoing, no Chiado, uma das zonas mais nobres de Lisboa. Entre os bens alienados à empresa, antiga dona do ‘Diário Económico’, estão mais de 50 secretárias, várias mesas e cadeiras, vários armários, impressoras, candeeiros, sofás, maples e bengaleiros.

O relatório do administrador judicial responsável pela liquidação da Ongoing revela que estão também em curso iniciativas no sentido de apreender as participações sociais que o grupo tinha em várias empresas. Exemplo dessas participações sociais são as ações que a Ongoing tinha do BES, cujo valor comercial é agora de zero. A empresa tem cerca de 45 mil euros depositados no Novo Banco (NB), mas esta verba está penhorada pelo banco.

O NB é o maior credor da Ongoing, reclamando o pagamento de mais de 493,5 milhões de euros. O BCP é o segundo maior credor da Ongoing, com créditos superiores a 282 milhões de euros.
Ver comentários