Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Jornalista e escritora Maria José Costa Félix morre aos 85 anos

Colaborou com diversos órgãos de comunicação como as revistas Espaço T Magazine, Marie Claire, Xis, Máxima e Viver com Saúde, para além dos jornais Semanário e Correio da Manhã.
Lusa 26 de Novembro de 2020 às 14:58
Maria José Costa Félix
Maria José Costa Félix FOTO: Sábado
A jornalista Maria José Costa Félix, autora, entre outros, do livro "Envelhecer Sem Ficar Velho", morreu terça-feira em Lisboa, aos 85 anos, anunciou hoje a sua editora, que expressa "as mais sentidas condolências".

Maria José Costa Félix licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e frequentou o Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA).

Segundo a biografia divulgada pela Oficina do Livro, em comunicado, a autora fez parte de um grupo de investigação num hospital psiquiátrico do Rio de Janeiro e publicou, no Brasil, o livro "Histórias de Um Nome", na década de 1970.

Como jornalista colaborou com diversos órgãos de comunicação como as revistas Espaço T Magazine, Marie Claire, Xis, Máxima e Viver com Saúde, para além dos jornais Semanário e Correio da Manhã.

Dirigiu o suplemento de astrologia do semanário Se7e e fez uma série de programas de televisão dedicados à astrologia.

Começou a publicar pela editora Oficina do Livro, em 2002, livros de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal como "Bem-Estar Interior" (2002), "Mais e Melhor" (2003), "Vamos Falar de Amor?" (2005), entre outros.

O seu último livro na Oficina do Livro, do Grupo LeYa, "Viver com doenças sem ser doente" em 2015 e dois anos depois, numa edição privada, o seu livro de memórias, "Memórias que vieram ter comigo".

A missa por Maria José Costa Félix, seguida de funeral, realiza-se sexta-feira, às 14:45, na Basílica da Estrela, em Lisboa.

Maria José Costa Félix Lisboa Oficina do Livro Viver questões sociais morte interesse humano media
Ver comentários