Sub-categorias

Notícia

Laura Soveral morre e dá o corpo à ciência

Atriz sofria de esclerose lateral amiotrófica, que também vitimou o cantor Zeca Afonso e o físico Stephen Hawking.
Por Ana Maria Ribeiro|13.07.18
Vimo-la na novela brasileira ‘O Casarão’, que passou entre nós em 1978, e, pela última vez no pequeno ecrã na minissérie ‘Os Maias’, de João Botelho, há três anos.

Laura Soveral – a eterna Maria dos Prazeres do filme ‘Uma Abelha na Chuva’, de Fernando Lopes – morreu, esta quinta-feira, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vítima de esclerose lateral amiotrófica, aos 85 anos.

Num último gesto de generosidade, doou o seu corpo à ciência, para que se possa estudar a doença que matou, entre outros, o cantor português Zeca Afonso e o cientista britânico Stephen Hawking. Não haverá, portanto, cerimónias fúnebres para a mulher que se descobriu atriz em 1964, aos 31 anos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!