Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Ljubomir arrasa restaurante por servir comida podre

O chef mais desbocado do país vai deslocar-se até à praia da Consolação, Peniche, para tentar salvar um negócio que se está a afundar...
Ana Maria Ribeiro 21 de Abril de 2017 às 18:03
Ljubomir Stanisic
A equipa do chef David, no restaurante Hot Spot, de Peniche
O Hot Spot fica na praia da Consolação, em frente ao mar
Ljubomir Stanisic
Ljubomir
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic:
Ljubomir Stanisic
A equipa do chef David, no restaurante Hot Spot, de Peniche
O Hot Spot fica na praia da Consolação, em frente ao mar
Ljubomir Stanisic
Ljubomir
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic:
Ljubomir Stanisic
A equipa do chef David, no restaurante Hot Spot, de Peniche
O Hot Spot fica na praia da Consolação, em frente ao mar
Ljubomir Stanisic
Ljubomir
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic:
Na semana em que se soube que o restaurante ‘Canela’ foi fechado pela ASAE – porque mesmo depois da intervenção do Chef Ljubomir Stanisic voltou a ser insalubre (!) – o homem que Portugal já considera o salvador dos restaurantes em dificuldades – e o cozinheiro mais desbocado do País – foi chamado ao Hot Spot, em Peniche.

Objetivo: ajudar o chef David a recuperar a fama de que o seu estabelecimento já gozou, em tempos idos, bem melhores do que os atuais. Com uma localização privilegiada, situado mesmo em frente ao mar, na Praia da Consolação, o Hot Spot era conhecido por algumas das suas melhores receitas, sobretudo as pataniscas de bacalhau e o sequinho de raia, além dos muitos pratos de bom marisco que preparava para os clientes.

Mas nos últimos meses, as dificuldades têm sido mais que muitas. O Chef David é diabético e cansa-se muito ao longo dos dias de trabalho que necessariamente se estendem por muitas horas. A doença tornou-o impaciente e muitas vezes interage de forma mal-humorada com os seus colaboradores, mesmo os mais próximos, como Lúcia, o seu braço-direito na cozinha, ou Rita, a empregada que dá a cara pelo restaurante na sala de refeições.

Os funcionários também se queixam de que o chef David tem manifesta incapacidade em delegar funções e quer centralizar tudo – o que nunca é positivo num trabalho que se quer de equipa. E é por isso que a única solução parece ter sido a de pedir ajuda ao programa ‘Pesadelo na Cozinha’. Afinal, vale tudo para salvar aquele que é o grande sonho da vida de David: ter um restaurante à beira-mar.

Como sempre, o especialista da TVI vai identificar os problemas da cozinha, as dificuldades no relacionamento entre o pessoal, os contratempos no serviço – e vai dizer o que é preciso fazer para que tudo se resolva e o negócio, que já conheceu melhores dias, volte a ser próspero.

Os telespectadores são convidados a assistir a mais uma luta travada por Ljubomir. O combate não terá lugar num ringue de boxe, mas é como se fosse, porque a energia que o chef jugoslavo coloca no programa da TVI e na tarefa que tem pela frente é exatamente a mesma. A equipa do chef David que se cuide, se não entrar rapidamente nos eixos... 
Ver comentários