Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

"Ofensiva" e "perturbadora": capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro

Imagem de modelo debruçada em banheira num hospital psiquiátrico está a ser alvo de fortes críticas.
Catarina Figueiredo 3 de Julho de 2020 às 18:32
Capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro
Capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro
Capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro
Capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro
Capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro
Capa da Vogue Portugal sobre saúde mental arrasada no estrangeiro
A edição portuguesa da revista Vogue está a ser alvo de duras críticas na Internet após ter divulgado uma das quatro capas da edição de julho/agosto, cujo tema central é a saúde mental. A publicação, que mereceu inclusivé atenção dos media internacionais, está a gerar discussão nas redes sociais, bem como o título da edição: "The Madness Issue" ("A Questão da Loucura").

Na imagem, a modelo Simona Kirchnerova surge debruçada sobre si mesma dentra de uma banheira. Ao seu lado surgem duas enfermeiras vestidas com fardas antiquadas, que derramam água sobre a sua cabeça.

O Instagram da Vogue Portugal foi inundado com centenas de comentários depreciativos, cujos autores acusam a revista de abordar a temática das doenças do foro psiquiátrico de uma forma "preconceituosa" e "ofensiva". Por outro lado, há quem defenda e elogie a revista por "desmistificar" o tema, muitas vezes ainda considerado tabú na sociedade.

Ver esta publicação no Instagram

THE MADNESS ISSUE. COVER 1/4 It’s about love. It’s about life. It’s about us. It’s about you. It’s about now. It’s about health. It’s about mental health. #themadnessissue It’s about time. . Edic¸a~o julho/agosto disponi´vel em vogue.pt/shop Nas bancas disponi´vel a partir de 10 de julho. ___? July/August issue available at vogue.pt/shop Newsstands available from July 10th. . Photography @branislavsimoncik Styling @ninaford_ @nemamconaseba Hair @janmolnarofficial Make up @lukaskimlicka Models @simonakirchnerova Assistants Branislav Waclav / @PatrikHopjak / @fosia.rvs @exitmodelmanagement . #vogueportugal @lighthouse.publishing #editorinchief @sofia.slucas #creativedirection @jsantanagq

Uma publicação partilhada por Vogue Portugal (@vogueportugal) a



A modelo Sara Sampaio foi uma das vozes que criticou a revista. "Esses tipos de fotos não devem representar a conversa sobre saúde mental! Eu acho que é de muito mau gosto!", escreveu a estrela portuguesa.

Hannah Tindle, jornalista de moda da revista AnOther Magazine, também recorreu às redes sociais para repudiar o facto de a Vogue Portugal ter utilizado uma instituição psiquiátrica com um propósito estético. "Existem inúmeras maneiras de abordar o assunto sem ser ofensivo e perturbador para aqueles que, como eu, lutam contra as doenças mentais", escreveu no Twitter.

Os internautas vão mais além e questionam até que ponto é que uma capa publicada por uma revista de dimensão mundial como a Vogue pode contribuir para a ideia errada que muitos cidadãos têm dos hospitais psiquiátricos, contribuindo desta forma para o aumentar do estigma na sociedade.

Entretanto, a modelo que protagoniza a fotografia veio a público revelar que as "enfermeiras" da imagem se tratam da sua mãe e avó. "O momento alto da minha carreira! Fiz a capa da Vogue com a minha mãe e a minha avó! Três gerações na capa da Vogue!", escreveu.

Ver esta publicação no Instagram

MY CAREER HIGHLIGHT ! MADE IT TO VOGUE COVER WITH MY MUM AND MY GRANDMA!!! 3 GENERATIONS ON VOGUE COVER! Thank you @vogueportugal !

Uma publicação partilhada por Simona K (@simonakirchnerova) a


Entretanto, a equipa da Vogue Portugal já se manifestou sobre o assunto e veio a público defender-se das críticas geradas.

Ver esta publicação no Instagram

A nossa edição de julho/agosto, "The Madness Issue", tem como tema a loucura, com quatro capas diferentes pensadas para abordar diferentes dimensões do comportamento humano, numa altura em que a pandemia global colocou as pessoas em confinamento. Uma das capas mostra um cenário de hospital onde a modelo está a ser cuidada pela sua mãe e avó, na vida real, fotografadas pelo fotógrafo Branislav Simoncik. A nossa intenção é abrir o tópico da saúde mental e trazer para a mesa de discussão as instituições, a ciência e as pessoas que estão envolvidas com a saúde mental nos tempos que correm. O editorial que faz esta capa explora o contexto histórico da saúde mental e foi imaginado para refletir histórias autênticas e da vida real, inspirado por uma pesquisa profunda de centenas de imagens de reportagem retiradas dos mais relevantes e famosos documentários que captaram este género de instituições. No interior da edição, encontram-se entrevistas e contributos de psiquiatras, sociólogos, psicólogos e outros especialistas na área. A saúde mental é apenas um dos tópicos abordados nesta edição e nunca é confundido com o tema "loucura", é antes abordado como um lado do comportamento humano. Reconhecemos a importância do tópico da saúde mental e a nossa intenção, através da narrativa visual, é colocar o holofote nos assuntos mais relevantes dos dias que correm.

Uma publicação partilhada por Vogue Portugal (@vogueportugal) a



A revista estará disponível nas bancas a partir do dia 10 de julho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)