Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Piratas informáticos usam crise do coronavírus para lançar ataques

PJ alerta para piratas que se fazem passar por entidades oficiais de forma a aceder a dados pessoais.
Sónia Dias 19 de Março de 2020 às 01:30
Piratas informáticos
Hacker
Hackers
Piratas informáticos
Hacker
Hackers
Piratas informáticos
Hacker
Hackers
Recebeu uma SMS sobre uma vacina para o coronavírus ou instalou a aplicação Covid-19 Tracker? Então foi vítima de um ataque informático. À medida que o surto de coronavírus espalha o medo por todo o Mundo, os hackers (piratas informáticos) aproveitam para lançar outro tipo de vírus, o informático, de forma a aceder a dados pessoais através de computadores ou telemóveis.

Em comunicado, a Polícia Judiciária relata várias campanhas de ‘phishing’ (‘pesca’ de dados), em que os piratas utilizam emails, SMS ou mensagens nas redes sociais a coberto da imagem de entidades oficiais como a Organização Mundial de Saúde (OMS), a UNICEF ou centros de investigação e laboratórios, com conteúdos alusivos à pandemia, inclusive ficheiros em anexo, mas orientados para a captação de dados pessoais das vítimas ou para a infeção dos seus dispositivos com software malicioso. Por isso, as autoridades recomendam "extrema prudência".

Esta quarta-feira, o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) lançou um alerta para não instalar a aplicação Covid-19 Tracker no telemóvel, uma vez que se trata de um "esquema para equipamentos Android", que, após a sua instalação, "bloqueia o dispositivo e exige um resgate" em bitcoins (moeda digital) para o desbloquear.

O CNCS alerta ainda para esquemas de fraude digital que divulgam iniciativas de ‘crowdsourcing’ para a recolha de donativos para falsas campanhas de compra de material médico.
coronavírus vírus cibercrime Covid-19 Tracker CNCS Mundo ciência e tecnologia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)