Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

RTP gasta 87,1 milhões de euros com pessoal

Custos com trabalhadores aumentaram 5,5 milhões de euros em comparação com 2018.
Sónia Dias 27 de Abril de 2020 às 08:10
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis

Os gastos da RTP com pessoal aumentaram quase 5,5 milhões de euros no ano passado, quando em comparação com 2018, para os 87,1 milhões, revela o relatório e contas da empresa pública, a que o Correio da Manhã teve acesso.

A subida destes custos justifica-se, fundamentalmente, com a "integração de prestadores de serviços decorrente do Programa de Regularização Extraordinária de Vínculos Precários na Administração Pública (PREVEPAP)", diz o documento, referindo-se aos 120 trabalhadores que foram integrados no quadro de pessoal depois de conseguirem o parecer positivo da CAB Cultura e a respetiva homologação ministerial no âmbito do programa.

Também os "aumentos remuneratórios gerais para todos os trabalhadores bem como os decorrentes do disposto no Acordo de Empresa (AE), ambos em cumprimento das orientações para o Setor Empresarial do Estado (SEE)", explicam o aumento dos gastos, de acordo com a empresa pública.

Dos 87,1 milhões de euros registados, 66,4 milhões dizem respeito a remunerações, sendo que neste valor se incluem os 343,6 mil euros pagos aos órgãos sociais, entre eles os 266 mil euros que custou a administração constituída por Gonçalo Reis (presidente), Hugo Graça Figueiredo e Ana Isabel Dias da Fonseca.

O documento revela ainda que, no final de 2019, a RTP tinha 1709 trabalhadores, mais 112 do que no final de 2018.

Ver comentários