Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Saiba onde visitar as mais belas paisagens de 'Game of Thrones'

Escócia, Irlanda do Norte, Croácia, Malta, Marrocos, Islândia e Espanha servem de cenário para as gravações da série.
Manuel Colaço e Natacha Nunes Costa 18 de Setembro de 2017 às 13:04
Game of Thrones
Game of Thrones
Game of Thrones
Game of Thrones
Game of Thrones
Game of Thrones

Inspirada nos livros de George R. R. Martin, a série Game of Thrones, atinge recordes mundiais de audiência que agarram cada vez mais os fãs ao ecrã. A guerra pelo Trono de Ferro entre dinastias, tornou-se num sucesso graças às cenas de sexo e às paisagens de cortar a respiração.

Apesar de muitos cenários serem criados no computador, a maioria das paisagens aparecem tal como são, mostrando a beleza de vários países que receberam o elenco da série.

Escócia, Irlanda do Norte, Croácia, Malta, Marrocos, Islândia e Espanha, são alguns dos países onde já foram gravados alguns dos episódios de Game of Thrones.

Croácia
King’s Landing, traduzido para português como Porto Real, a "capital dos Sete Reinos", é gravada na cidade de Dubrovnik, na Croácia, (imagem abaixo) que aparece desde os episódios da segunda temporada.





























O coração de Porto Real, conhecido como Fortaleza Vermelha, onde está o Trono de Ferro é gravado no Forte de Lovrijenac, também em Dubrovnik.

A torre de Minceta, símbolo de força, é utilizada na série para a misteriosa Casa dos Imortais.

A ilha Lokrum, a 20 minutos de barco de cidade de Dubrovnik, serve de cenário para a cidade de Qarth. Esta ilha oferece um museu interativo dedicado à série.

Os jardins de King’s Landing são gravados no Trsteno Arboretum, o jardim mais antigo da região que fica apenas a 30 minutos de carro de Dubrovnik.

A cidade medieval de Sibenik apareceu na 5ª temporada da série como Braavos, uma das Cidades Livres, assim como onde se encontra o famoso Banco de Ferro. Esta cidade acolheu também Arya Stark na sua transformação.

Ainda na Croácia, a cidade história de Trogir, considerada Património Mundial pela UNESCO, é o porto comercial da cidade fictícia de Qarth.

A Irlanda do Norte representa as terras do Norte da série
O Parque Florestal de Tollymore foi escolhido como cenário perfeito para as gravações das Florestas no Norte, onde Ned Stark encontrou os tão conhecidos e adorados lobos que deu como presente a cada um dos filhos e que passaram a ser uma figura da família Stark.

O Castelo Ward, a 50 quilómetros de Belfast, é utilizado para gravar o castelo onde vivem os Stark, em Winterfell, atualmente as irmãs, Arya e Sansa.

O porto de Ballintoy (imagem abaixo) foi cenário para a terra natal de Theon Greyjoy, as ilhas de Ferro.





























Downpatrick é conhecido pelos seus caminhos que na série representaram também os caminhos percorridos pela família Stark.

Na praia de Downhill Strand, a norte do país, fica Mussenden Temple, que serviu de cenário para os episódios da Ilha do Dragão, onde Stannis Baratheon queria tomar o poder, na 2ª temporada.

A Baía de Murlough, no Parque Nacional de Murlough, foi utilizada como cenário da Baía dos Escravos e de muitas cenas das Ilhas de Ferro, que foram gravadas também na pequena aldeia de Ballintoy.

A Islândia retrata os selvagens e a Muralha
O ninho de amor de Jon Snow com a selvagem Ygritte foi gravado na nascente térmica de Grjótagjá, uma pequena caverna de lava, perto do Lago Mývatn, no nordeste do país, que apesar de no exterior da caverna só se ver gelo, no interior, a àgua pode chegar aos 50º celsius.

Perto da nascente de Grjógajá, fica Dimmuborgir, um campo de lava, que para os islandeses está de certa forma ligado ao inferno, no entanto, na série serviu de cenário para o acampamento dos selvagens.

A mítica expressão "Para além da Muralha", foi gravada na área montanhosa de Vatnajökull (imagem abaixo). Na série, esta área, é a casa dos Caminhantes Brancos que, no final desta última temporada atravessaram a muralha.

























Espanha foi palco dos mais belos jardins da série
Os Reales Alcázares de Sevilha, em Sevilha, foram transformados nos Jardins de Água do Reino de Dorne. 



























Na série, Doran Martell, passeia pelos fantásticos jardins e pelas salas cheias de história.

Na 5ª temporada, a Praça de Touros de Osuna, transformou-se na arena de Daznak, em Meereen.

A famosa ponte romana de Córdoba foi transformada na Ponte Longa de Volantis.

Marrocos acompanhou as trilhas de Daenerys "a não queimada e a mãe dos dragões"
A cidade de Aït-Ben-Haddou transformou-se em Yunkai, a menor das três cidades na Baía dos Escravos e em Pentos, a maior das Cidades Livres acompanhando Khaleesi nos seus caminhos.





























Outas das aventura de Daenerys Targaryen em Marrocos aconteceram na cidade história de Essaouira que se transformou em Astapor na série.

Malta conhecida pelas suas fortificações acolheu o casamento de Daenerys Targaryen e Khal Drogo
O arco rochoso natural conhecido como Azure Window , na ilha de Gozo, foi o pano de fundo para o casamento de Daenerys Targaryen e Khal Drogo.

O Verdala Palace, que foi a residência de verão do presidente de Malta, serviu também de lar para Daenerys e Viserys onde conheceram Khal Drogo antes do casamento.

O Fort Manoel (imagem abaixo) deu nome ao Grande Septo de Baelor, onde Joffrey confrontou Ned Stark, num momentos mais emocionantes de toda a série.





























A cidade de Mdina serviu de cenário para o Portão de entrada de Porto Real. Uma das cenas mais emblemáticas foi a entrada de Catelyn e Ser Rodrick Cassel para investigar o ataque a Bran.

Um dos mais conhecidos monumentos da Escócia abrigou uma das festas mais marcantes da série

























O Castelo Doune na Escócia serviu de cenário para as cenas de festa para receber o rei Robert em Winterfell, no primeiro episódio da série.

Ver comentários