Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Tik Tok deixa contas de jovens em risco

Cerca de 1,5 mil milhões de perfis ficaram, em 2019, expostos a piratas informáticos.
Sónia Dias 10 de Janeiro de 2020 às 01:30
Tik Tok
Tik Tok FOTO: Reuters
Tik Tok, uma das redes sociais mais populares entre os internautas mais jovens, foi alvo de falhas de segurança que colocaram em risco as contas de usuários de todo o Mundo, permitindo que os seus dados pessoais pudessem ser roubados e/ou manipulados por piratas informáticos.

De acordo com a empresa de cibersegurança israelita Checkpoint, o problema foi descoberto a 20 de novembro de 2019 e, a 15 de dezembro, a chinesa ByteDance, que detém a aplicação, considerou-o resolvido.

No ano passado, o Tik Tok chegou aos 1,5 mil milhões de utilizadores. Não se sabe, porém, quantas contas foram afetadas. A falha de segurança permitiu que hackers enviassem mensagens com links para instalar vírus nos smartphones.

Desta forma, os piratas informáticos podiam entrar nos perfis, mesmo nos privados, e partilhar, descarregar ou manipular os vídeos dos utilizadores. Uma outra falha encontrada pela empresa de cibersegurança permitiu aos investigadores aceder à informação pessoal dos utilizadores simplesmente através do site da rede social sediada em Pequim.

O Tik Tok permite aos usuários criar vídeos, geralmente de música, até 15 segundos, podendo ou não publicá-los. Em 2019 foi a terceira aplicação mais descarregada (crescimento de 70% relativamente ao ano anterior), sendo que 41% dos seus utilizadores têm entre 16 e 24 anos. Ao longo do ano foram publicados mais de mil milhões de vídeos por dia.
Ver comentários