Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
3

Frente marítima e património são as joias da coroa de Sines

Descida de elevador do centro histórico para a praia é arrebatadora.
Joaquim Bernardo 19 de Novembro de 2018 às 18:32
Cidade de Sines cresceu em torno do mar
A frente marítima da cidade é marcada pelo porto de pesca e praia
São Torpes é uma das praias mais  procuradas por famílias e surfistas
O centro de artes é um edifício moderno e premiado
A estátua de Vasco da Gama fica junto ao castelo e à igreja matriz de São Salvador
Cidade de Sines cresceu em torno do mar
A frente marítima da cidade é marcada pelo porto de pesca e praia
São Torpes é uma das praias mais  procuradas por famílias e surfistas
O centro de artes é um edifício moderno e premiado
A estátua de Vasco da Gama fica junto ao castelo e à igreja matriz de São Salvador
Cidade de Sines cresceu em torno do mar
A frente marítima da cidade é marcada pelo porto de pesca e praia
São Torpes é uma das praias mais  procuradas por famílias e surfistas
O centro de artes é um edifício moderno e premiado
A estátua de Vasco da Gama fica junto ao castelo e à igreja matriz de São Salvador
Sines junta o melhor da costa alentejana com a vocação cosmopolita do filho mais ilustre da terra, o navegador Vasco da Gama. Das praias de São Torpes a Porto Covo, a eventos de referência internacional como o Festival Músicas do Mundo, não faltam razões para visitar Sines ao longo de todo o ano.

O passeio deve começar pela zona histórica, que foi recentemente requalificada e onde se encontra o moderno Centro de Artes de Sines. Vencedor do prémio AICA/MC 2005 e finalista do Prémio Mies van der Rohe 2007, o Centro de Artes é um edifício marcante da arquitetura portuguesa contemporânea e o principal equipamento cultural e de suporte às artes e educação em Sines.

A sua atividade divide-se por vários espaços e valências, auditório, biblioteca e salas de exposição e de leitura. O Castelo, a Casa de Vasco da Gama e o Museu de Sines são de passagem obrigatória, bem como as igrejas de Nossa Senhora das Salas e a Matriz de São Salvador.

Depois da vertente patrimonial, a proposta passa por descer à avenida Vasco da Gama. Pode fazê-lo pela escadaria ou optar por uma descida de elevador panorâmico, de onde é possível apreciar a beleza de toda a frente marítima. Integrada no tecido urbano da cidade de Sines e testemunha dos principais eventos da sua história - dos ataques dos corsários ao embarque de Dom Miguel para o exílio, a praia Vasco da Gama faz parte do rosto de Sines e do coração dos sinienses.

Adjacente ao Porto de Pesca e ao Porto de Recreio, é uma praia urbana charmosa que merece ser visitada, tanto no verão como no inverno. A sua marginal é muito usada para passeios e prática de jogging.

Entre todas as razões para visitar Sines, a qualidade da gastronomia é uma das principais. Será difícil sair insatisfeito dos inúmeros restaurantes do concelho, muitos deles juntando ao puro prazer da comida o prazer de uma vista deslumbrante sobre o oceano. No concelho, não deixe de visitar a aldeia turística de Porto Covo com o seu largo do Marquês do Pombal, inspirado na Baixa Pombalina, e a ilha do Pessegueiro, tornada célebre pela música de Rui Veloso.

A praia de São Torpes, a mais concorrida do concelho, tem a si ligada a lenda de São Torpes, cujo corpo martirizado terá vindo parar às suas areias no primeiro século da Era Cristã. Já fora da época balnear, é hoje mais mais procurada para o surf . Lá, também é possível conhecer a típica jangada de São Torpes, um tesouro etnográfico do Alentejo. 

Teresa Salgueiro atua dia 24 deste mês no Multiusos
É uma das vozes mais marcantes do País e atua no Pavilhão Multiusos de Sines no dia 24 de novembro. Teresa Salgueiro leva a palco o seu trabalho mais recente, ‘Horizonte’, bem como sucessos acumulados ao longo de três décadas de carreira. 

Onde comer e o que fazer 
O Cais da Estação tem as suas raízes na cozinha regional alentejana, com ênfase nos pratos e petiscos confecionados a partir do peixe e marisco frescos. 

O Bejinha fica junto à lota de Sines e faz dos grelhados a sua grande bandeira. O peixe e o marisco saem diretamente do mar para a brasa. 

A exposição ‘O Seio de Tétis: Coleções de Arqueologia do Museu de Sines’ encontra-se no rés do chão do Paço dos Governadores do Castelo de Sines.
Ver comentários