Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
4

Ria Formosa, onde terra e mar se juntam

Fonte de rendimento e habitat para muitas espécies, a ria é um destino com muito para oferecer.
João Mira Godinho 25 de Setembro de 2018 às 14:33
Ria Formosa
Restaurante Estaminé na ilha Deserta, em Faro
Há muitas aves para observar
Extenso areal da ilha Deserta
Esplanadas  em Cacela Velha
Salinas ainda são uma importante atividade
Ria Formosa
Restaurante Estaminé na ilha Deserta, em Faro
Há muitas aves para observar
Extenso areal da ilha Deserta
Esplanadas  em Cacela Velha
Salinas ainda são uma importante atividade
Ria Formosa
Restaurante Estaminé na ilha Deserta, em Faro
Há muitas aves para observar
Extenso areal da ilha Deserta
Esplanadas  em Cacela Velha
Salinas ainda são uma importante atividade
Ocupa praticamente metade da costa sul portuguesa e é um verdadeiro paraíso natural, onde terra e mar se juntam. A ria Formosa, que se estende por desde o Ancão, em Loulé, até Cacela, já em Vila Real de Santo António, é fonte de rendimento para pescadores, local onde muitas espécies vivem e se alimentam, e destino com muito para oferecer a quem o visita.

A ilha Deserta, em frente a Faro, é um bom local para começar a viagem. Para lá chegar, há barcos em Faro ou, como alternativa, aquatáxis. Depois, é descalçar os sapatos e percorrer o longo areal, em muitas zonas apenas com gaivotas como companhia.

A Deserta é, provavelmente, a ilha barreira (que separam o oceano da ria) mais preservada. Mas um passeio de barco - várias empresas nas zonas ribeirinhas de Faro e Olhão oferecem a oportunidade - permite ver a natureza em estado quase puro. Com a possibilidade de se observarem muitas aves, para além da vida marinha.

Uma passagem pelo edifício dos Mercados de Olhão, ao sábado de manhã, dia de mercado, é uma experiência quase tão enriquecedora como um passeio a pé pelo Parque Natural da Ria Formosa, na quinta do Marim. E a visita a uma produção de sal mostra como, ainda hoje, esta é uma atividade com importância económica.

As esplanadas em Cacela Velha são um ótimo local para descansar ao final da tarde. Com a possibilidade, nestes últimos dias de calor, de beber algo fresco, acompanhado por um qualquer petisco apanhado diretamente na ria, ainda com sabor a mar.

E não se esqueça de apreciar a fantástica vista de Cacela sobre a ria. Em especial ao por do sol. 

Peixe e marisco são os pratos a escolher na ilha Deserta    
Na ilha Deserta de Faro há apenas uma construção, o restaurante Estaminé que, como não podia deixar de ser, tem como especialidades o peixe e o marisco típicos da ria Formosa.

Robalos, douradas, amêijoas ou lingueirão são alguns dos pratos habitualmente na ementa. Tudo fresco e feito no momento.
Ver comentários