Barra Cofina

Correio da Manhã

Boa Vida
5

Ninguém resiste ao Camarão do Sado

Famoso marisco de Alcácer do Sal é vendido na marginal da cidade.
Helga Nobre 4 de Agosto de 2016 às 19:28
Tradicionais vendedoras de camarão
Tradicionais vendedoras de camarão FOTO: Luis Guerreiro
Vai para mais de três décadas que Maria Falcão, de 69 anos, vende o famoso camarão do rio Sado apanhado nas margens de Alcácer do Sal e cujo tamanho e sabor fazem as delícias de quem circula junto à marginal da cidade.

Na banca, a fazer lembrar o galeão, antiga embarcação de pesca, as vendedoras de camarão lançam pregões a quem passa, desvendando com orgulho um dos ex-líbris gastronómicos daquela região. "Dizem que é o melhor camarão que há e vem muita gente de propósito para comer porque é mais gostoso, o rio não tem tanta poluição e como está perto do mar nunca está parado e tem mais sal", explica a vendedora.

O camarão de Alcácer do Sal distingue-se pelo tamanho. Não cresce mais do que dois a três centímetros e tem três variedades: "O do mar, o branco e o riscado", diz Maria Falcão, que já perdeu a conta aos quilos de camarão que passaram pelo seu pequeno espaço.

Em Alcácer do Sal não há quem resista a este petisco vendido, já cozido, em várias medidas.
Maria Falcão Sado Alcácer do Sal Festival dos Sabores do Sado camarão
Ver comentários