Barra Cofina

Correio da Manhã

C Studio
9
C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Ação “Limpeza do fundo do Mar” do Pingo Doce envolve milhares de pessoas nas praias portuguesas

Ação inédita e pioneira do Pingo Doce, em conjunto com a Sailors for the Sea Portugal, no âmbito do programa Amar o Mar, levou mergulhadores certificados a recolher lixo marinho em dez praias de norte a sul do País.
12 de Agosto de 2022 às 12:03

Sacos, garrafas, cotonetes, até talheres descartáveis. Estes são alguns dos plásticos que existem em grande abundância no fundo dos rios, mares e Oceano. Sabia que a cada minuto é despejado no Oceano o equivalente a um camião de lixo? São cerca de 11 milhões de toneladas de plástico todos os anos. E, apesar de o lixo subaquático ser o tipo de lixo menos visível a olho nu, este afeta diretamente o ecossistema marinho, a qualidade das águas e a biodiversidade marinha. É urgente contribuir para a preservação das espécies e do Oceano.

Neste verão, o Pingo Doce deu um passo em frente e mergulhou até ao fundo do mar para contribuir para a preservação do Oceano. A entidade de referência no retalho nacional encontrou na Sailors for the Sea Portugal o parceiro ideal, no âmbito do programa Amar o Mar, para levar a cabo limpezas subaquáticas em dez praias portuguesas. De 20 de julho a 7 de agosto, foram recolhidos resíduos e detritos depositados nas águas, por mergulhadores certificados, com o objetivo de combater a poluição marinha e de sensibilizar para a importância da conservação do Oceano.

Hugo Bravo, mergulhador da Marinha, foi um dos operacionais que se juntou a esta iniciativa debaixo de água. “A proteção do ambiente e, nomeadamente, do meio marinho onde operamos, é uma preocupação nossa, pelo que faz todo o sentido a participação e colaboração nesta ação de limpeza subaquática”, explica em entrevista.

Ao longo de 18 dias de atividade, o grupo de mergulhadores certificados atingiu a marca das 50 horas de ações de mergulho e recolheu mais de 210 kg de lixo subaquático.




“Limpeza do Fundo do Mar” em números:

18 dias de atividade

750 milhas náuticas

185 horas de navegação do veleiro

50 horas de ações de mergulhos

Mais de 210 kg de lixo recolhidos






Pequenos gestos em nome do Oceano


A primeira edição da iniciativa “Limpeza do Fundo do Mar” procurou consciencializar para a importância da preservação do nosso mar através da literacia para o Oceano e da limpeza dentro e fora de água. Os mais pequenos foram convidados a recolher todo o lixo no areal com direito a surpresas e atividades educativas como palestras e jogos lúdicos. “Temos de salvar o meio ambiente porque senão os peixinhos podem ser apanhados no lixo”, alerta Maria Leonor Alves, que participou na ação de limpeza na Praia da Figueira da Foz.

“Além de procurarmos adotar as melhores práticas e trabalharmos diariamente no sentido de reduzir a nossa pegada ecológica, acreditamos que é fundamental envolver a comunidade, a começar pelas gerações mais novas, no sentido de lhes darmos acesso à informação e aos recursos necessários para que possam participar nesta importante e urgente missão de conservação dos oceanos e das espécies marinhas”, explica Filipa Pimentel, diretora de Desenvolvimento Sustentável e Impacto Local do Pingo Doce.

Já os mais velhos foram desafiados a trocar as garrafas de plástico descartável por uma de vidro. “Efetivamente já vemos muitas pessoas com garrafas reutilizáveis, mas aquelas que ainda não têm nós procuramos sensibilizá-las para a importância da reutilização das garrafas”, explica Bernardo Corrêa de Barros, presidente da Sailors for the Sea Portugal, acrescentando que “promover uma maior consciência e a capacidade de tomar as medidas mais responsáveis para a proteção dos oceanos e dos recursos marinhos é um dos principais focos da missão da Sailors for the Sea Portugal”.



Pingo Doce está a formar mais de 100 mergulhadores para que estejam aptos a participar em mais ações de limpeza subaquática até ao final do ano.



O lixo recolhido nesta ação pioneira em Portugal foi contabilizado e os dados introduzidos na plataforma internacional Clean Swell da Ocean Conservancy e na plataforma do Project Aware, de forma a caracterizar esses mesmos resíduos e a contribuir para a construção de dados científicos nacionais na área dos resíduos dispersos no meio ambiente.





"Limpeza do fundo do Mar" sensibilizou mais de 2600 pessoas para a necessidade de preservar um Mar que tanto dá aos portugueses.





O futuro da biodiversidade marinha depende de todos nós


Em nome do Oceano e da sua diversidade, o Pingo Doce promove diferentes iniciativas que envolvem a comunidade na missão de Amar o Mar. Neste sentido, o Pingo Doce irá formar, até ao final deste ano, mais de 100 mergulhadores para que estes estejam aptos a participar em mais ações de limpeza subaquática.



Ação pioneira do Pingo Doce e da Sailors for the Sea Portugal percorreu dez praias, em dez municípios, da Praia da Leça da Palmeira, no Porto, à Praia de Monte Gordo, no Algarve.



“Dentro do programa Amar o Mar existe uma componente muito forte ligada à redução do consumo de plástico de utilização única através, por exemplo, do nosso eco mesh bag, um saco reutilizável e de fabrico 100% nacional, ou do serviço Eco Water, um exclusivo das lojas Pingo, que oferece uma solução de reenchimento de água filtrada de elevada qualidade”, adianta André Fonseca, gestor do programa Amar o Mar.

Pequenos hábitos que podem fazer uma grande diferença para o futuro do Oceano, do planeta e de todos nós.