Barra Cofina

Correio da Manhã

Especiais C-Studio
8
Especiais C-Studio
i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Vários tesouros longe da praia

Concelho tem um imenso interior de património e cultura
24 de Julho de 2021 às 08:29

A riqueza arquitetónica do concelho regista-se nas aldeias e vilas bem preservadas, com antigas igrejas e típicos casarios brancos, como Relíquias, S. Luís, S. Martinho das Amoreiras, Vale de Santiago, Santa Clara-a-Velha, Sabóia, nas vilas de Colos e de Odemira, esta com o seu moinho de vento e a elegante zona ribeirinha.

Um passeio na sede de concelho revela a brancura das casas e os jardins floridos e é fácil encontrar a igreja de S. Salvador, a igreja da Misericórdia, a igreja paroquial de Santa Maria e o Bairro do Castelo. A padroeira é a Sra. da Piedade, que recebe a romaria a 8 de setembro, dia do feriado municipal. Vá até à Fonte da Bica da Rola e ao chafariz do Alto de São Sebastião. Descubra também o ex-líbris de Odemira, a este da vila, no Cerro dos Moinhos Juntos: um moinho de vento do século XVIII, ainda em funcionamento, e do qual obtém também uma paisagem extraordinária. Percorra a zona ribeirinha e observe os Marcos da Barca do século XVI, onde se fixavam os cabos que permitiam a passagem da barca entre as margens.

Depois, enverede pelo território menos conhecido, e encontre alguns tesouros pelo interior do concelho. Em Santa Clara-a-Velha, descubra a ponte D. Maria, a igreja de Santa Clara de Assis, o espelho de água, a fonte do Azinhal e o parque de merendas. Em Boavista dos Pinheiros, relaxe no Parque das Águas, um jardim encantador com área de merendas e forte presença da água. Em S. Martinho das Amoreiras, descubra a Estação Arqueológica do Pardieiro, uma necrópole da Idade do Ferro.

O cante ao baldão acompanhado pela viola campaniça constitui um dos fortes marcos na identidade cultural do concelho, sendo dinamizado em S. Martinho das Amoreiras um Centro de Valorização.

O artesanato é uma maravilha...

O artesanato é outra riqueza cultural de Odemira. As técnicas ancestrais mantêm-se vivas, tanto em peças utilitárias como de decoração. Abegoaria, produção de mobiliário em madeira, instrumentos musicais (com especial relevo para as violas campaniças), cestaria em vime, empalhamento de cadeiras, traparia, joalharia, produção de cajados, cerâmica e tecelagem são as atividades de maior expressão atual.

A Associação de Artesãos do Concelho de Odemira – CACO tem espaço comercial em Odemira onde podem ser adquiridas peças de artesanato e produtos locais.

... e a gastronomia também

A comida espelha a diversidade do território, pois é tão variada quanto a paisagem. O território de Odemira é conhecido pela excelência dos seus restaurantes, com várias sugestões para todos os gostos, onde a tradição da gastronomia alentejana se associa aos sabores do Atlântico.

Do mar, os sabores do "Melhor polvo do Mundo!", o sargo, robalo, feijoada de chocos e búzio, arroz de marisco, percebes, lagosta, navalheira, ouriços ou sapateira. Do interior, os sabores da carne, da feijoada e do cozido de grão, mas também enchidos, queijos, pão, mel, vinho e a incontornável aguardente de medronho.

Subida ao Miradouro da Senhora das Neves

Não saia de Odemira sem visitar a Senhora das Neves, na freguesia de Colos, uma antiga capela situada no alto de uma elevação que marca a transição da paisagem de planície para a serrana. A vista que se alcança é soberba, em qualquer das direções. Esta sugestão integra um dos circuitos da Rota Vicentina no interior odemirense.

Barragem de Santa Clara: um cenário idílico

A imensidão do espelho de água de Santa Clara em tons de azul e verde, com todas as condições, é uma pequena prova de que Odemira é muito mais do que as praias oceânicas. A barragem de Santa Clara, que já foi a maior barragem portuguesa, é alimentada pelo rio Mira. Além de uma praia fluvial num cenário idílico, há a possibilidade de fazer várias atividades como passeios de barco, canoagem, stand up paddle e pesca. A envolvente oferece um percurso pedestre circular, zona de estar e contemplação.

São várias os operadores e empresas de animação turística que proporcionam atividades náuticas e momentos bem passados a bordo. Ao nível do alojamento, há várias unidades turísticas com vista privilegiada para o grande lago e Santa Clara.

Experiências para viver na natureza

Refira-se que pela sua extensão, Odemira é destino de excelência para atividades na natureza, entre o litoral e o interior: surf, bodyboard, mergulho, kitesurf, windsurf, pesca desportiva, canoagem, stand up paddle, passeios de barco (no mar, rio e barragem), caminhadas, trail running, BTT, parapente, passeios a cavalo e de burro ou observação de aves. Muitas possibilidades, disponíveis através das empresas de animação turística.