Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Lajes: PCP contra bases estrangeiras, mas exige indemnizações aos EUA por redução de efetivos

O líder do PCPC defende a "construção de alternativas"
19 de Janeiro de 2015 às 14:34
Autoridades norte-americanas reduziram em 500 o número de efetivos na base das Lajes
Autoridades norte-americanas reduziram em 500 o número de efetivos na base das Lajes FOTO: Lusa

O líder comunista, Jerónimo de Sousa, relembrou hoje que o PCP é contra bases militares estrangeiras em território português, mas exigiu compensações aos Estados Unidos pela redução de efetivos das instalações açorianas das Lajes.


"Discordamos dessa implantação [de bases estrangeiras em território português]. No caso concreto, deve haver, por parte dos americanos, a devida indemnização e a construção de alternativas que não podem ser só o Estado português e a região autónoma a suportar", defendeu o secretário-geral comunista, após uma reunião com elementos da Associação Intervenção Democrática, na sede comunista de Lisboa.


As autoridades norte-americanas anunciaram recentemente a diminuição de efetivos na base da Lajes, na ilha Terceira, em cerca de 500 militares e civis, além de outros tantos trabalhadores portugueses.



Jerónimo de Sousa PCP Estados Unidos Lajes política
Ver comentários