Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Consultores da ONU mortos a tiro na Somália

Segundo testemunhas, um britânico e um francês terão sido atingidos por um homem com um uniforme de polícia.
7 de Abril de 2014 às 15:16

Dois consultores das Nações Unidas foram hoje assassinados a tiro no aeroporto da cidade de Galkayo, no centro-norte da Somália, informou a ONU em comunicado.

As duas vítimas trabalhavam para a Agência das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC) e, segundo algumas testemunhas, terão sido atingidas por um homem com um uniforme de polícia.

O representante especial do secretário-geral da ONU para a Somália, Nicholas Kay, condenou o "brutal assassinato" e exigiu uma investigação completa.

As vítimas são um britânico e um francês, disse o diretor-geral do departamento contra a pirataria da autoproclamada região autónoma da Puntlândia (a que pertence Galkayo), Abdirisak Mohamed Dirir, citado pela organização noticiosa somali Horseed Media.

A Somália vive em estado de guerra desde 1991, quando o ditador Mohamed Siad Barré foi derrubado e o país ficou nas mãos de milícias radicais islâmicas, senhores da guerra e grupos de delinquentes armados.

Somália ONU consultores Organização das Nações Unidas francês britânico assassinados
Ver comentários