Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Grandes empresas defendem em Davos a necessidade de crescer e abrir novos mercados

Lusa 17 de Janeiro de 2017 às 11:51

Grandes empresas defenderam hoje em Davos a necessidade de crescer e abrir novos mercados, mas reconheceram que ser maior não é sinónimo de êxito e que é necessário reinvestir os benefícios e ter muito presentes as necessidades das pessoas.

"O tamanho importa" foi o título de uma das mesas redondas que abriu hoje as sessões do Foro Económico Mundial, que reuniu diretores da Alphabet, matriz da Google, do grupo britânico de comunicação e publicidade WPP, do banco Crédit Suisse ou da Bharti Airtel, a maior companhia índia de telecomunicações.

A diretora financeira da Google, Ruth Porat, assegurou que crescer de forma desmesurada leva à irrelevância e por isso a empresa está a "redefinir o negócio, as prioridades e o tamanho", reinvestindo em novos desenvolvimentos tecnológicos e diversificando o negócio.