Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Jadon Sancho diz que insultos racistas "não são novidade" mas garante que "o ódio nunca vai vencer"

"Estou orgulhoso desta seleção de Inglaterra e da forma como conseguimos unir toda uma nação", disse o futebolista inglês.
Lusa 14 de Julho de 2021 às 19:26
Jadon Sancho
Jadon Sancho FOTO: Instagram
O futebolista inglês Jadon Sancho afirmou que os insultos racistas de que foi alvo após a final do Euro2020 perdida pela Inglaterra para a Itália "não são novidade" e que "o ódio nunca vai vencer".

Em publicação no Instagram, Sancho reage à série de mensagens de ódio de que foi vítima, após ter sido um dos três ingleses a falhar um penálti, no desempate da final, a par de Marcus Rashford e Bukayo Saka.

"Não vou fingir que não vi os insultos raciais que eu e os meus irmãos Marcus e Bukayo sofremos depois do jogo, mas, infelizmente, não são novidade. Enquanto sociedade precisamos de fazer melhor e responsabilizar estas pessoas", escreveu Sancho, que alinhará na próxima época pelo Manchester United, na Liga inglesa.

"O ódio nunca vai vencer. Para todos os jovens que já foram alvo de insultos semelhantes, levantem a cabeça e continuem a perseguir o vosso sonho. Eu estou orgulhoso desta seleção de Inglaterra e da forma como conseguimos unir toda uma nação que atravessou uma situação complicada nos últimos 18 meses", referiu ainda.

Jadon Sancho Inglaterra Euro2020 Itália Bukayo Saka desporto futebol
Ver comentários