Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Prisão preventiva para dois dos sete detidos por tráfico de droga em Abrantes e Ponte de Sor

Suspeitos foram detidos na terça-feira pelo Comando Territorial de Santarém da GNR.
Lusa 9 de Julho de 2021 às 18:51
GNR
GNR FOTO: Pedro Brutt Pacheco
Dois dos sete detidos por integrarem uma rede de tráfico de droga que atuava essencialmente em Abrantes e Ponte de Sor ficaram em prisão preventiva, enquanto os outros cinco tiveram medidas de coação menos graves, anunciou esta sexta-feira a GNR.

Os sete suspeitos de tráfico de droga, cinco homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 33 e 45 anos, foram detidos na terça-feira pelo Comando Territorial de Santarém da GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Abrantes.

Após serem presentes no Tribunal Judicial de Santarém, para lhes serem aplicadas as medidas de coação, dois dos detidos ficaram sujeitos a prisão preventiva, quatro a apresentações periódicas no posto policial da área de residência e um a termo de identidade e residência, informou a GNR.

Em comunicado, a GNR referiu que a detenção ocorreu "no âmbito de uma investigação que decorria há dois anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes", em que foi possível verificar que a rede de tráfico atuava essencialmente em Abrantes, no distrito de Santarém, e em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre.

No decorrer da investigação, esta força de segurança deu cumprimento a seis mandados de detenção e 26 mandados de busca (nove domiciliárias, 16 em veículos e uma em armazém), "que culminaram no desmantelamento desta rede".

Em resultado das buscas, foram apreendidos 19 veículos, um ciclomotor, 54 doses de cocaína, 45 doses de canábis, sete doses de heroína, 14 telemóveis, um computador, duas televisões, 19 peças de ouro, uma arma branca, três armas de ar comprimido, uma besta, diverso material relacionado com a prática do tráfico de droga e material mobiliário.

Além desses bens, "foi efetuada uma apreensão de 16.474 euros no decorrer das buscas", revelou a GNR.

Um dos sete detidos foi presente na quarta-feira ao Tribunal Judicial de Santarém e os restantes na quinta-feira, mas a informação sobre as medidas de coação aplicadas só foi divulgada esta sexta-feira pela GNR.

A ação policial contou com o apoio da Secção de Informações e Investigação Criminal (SIIC) e do Destacamento de Intervenção ambos do Comando Territorial de Santarém e o reforço do Comando Territorial de Portalegre e da Unidade de Intervenção.

Ver comentários