Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Prisão preventiva para quatro detidos em megaoperação da PSP no Porto e Algarve

Autoridades apreenderam uma metralhadora e 48 mil doses de drogas.
Lusa 14 de Maio de 2021 às 23:04
Algemas
Algemas FOTO: Getty Images
Um juiz de instrução decretou esta sexta-feira prisão preventiva para quatro detidos numa operação da PSP no Porto e Algarve que culminou na apreensão de uma metralhadora e 48 mil doses de drogas, disse fonte ligada à investigação.

Segundo a fonte, um quinto detido vai aguardar o desenvolvimento do processo em prisão domiciliária.

Os cinco arguidos são homens com idades compreendidas entre os 23 e os 40 anos, todos residentes no Porto, que a PSP indicia pelo abastecimento de droga a pequenos traficantes que operam junto de alguns bairros do Porto e periferia.

As detenções foram consumadas na quinta-feira no âmbito de uma operação "de grande envergadura", que incluiu a realização de 18 buscas domiciliárias e não domiciliárias na cidade do Porto e no distrito de Faro.

Durante essas buscas, a PSP aprendeu 23 quilogramas de haxixe, suficiente para 46.692 doses individuais, heroína para 1.560 doses, vários pés de canábis, duas armas de fogo (uma metralhadora e um revólver), uma arma elétrica, 159 munições de diferentes calibres, nove carregadores de armas de fogo, 27.735 euros e 2.000 dinares sérvios, sete automóveis de gama alta e dois motociclos.

A investigação do caso foi encetada no início deste ano, sob direção do Ministério Público do Porto.

O Comando Metropolitano da PSP do Porto indicou que esta operação dá sequência a uma outra realizada em 20 de março, que se saldou pela detenção de sete pessoas, apreensão de mais de 76.000 doses de droga, 28 mil euros em notas e carros numa operação de combate ao tráfico de droga nesta cidade.

Na ocasião foram detidas outras sete pessoas com idades entre os 33 e 44 anos, seis deles ficaram em prisão preventiva.

Ver comentários