Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
8

Água de Montalegre com "Selo de qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano 2021"

Uma distinção que deve «honrar todos os barrosões», faz questão de salientar o presidente Orlando Alves
28 de Janeiro de 2022 às 10:01
Mais um reconhecimento público ao trabalho da autarquia em prol do bem-estar dos barrosões. Desta vez, é a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) que certificou o município de Montalegre com o "Selo de qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano 2021".

É um prémio que nos honra porquanto foi dado pela entidade que faz a gestão da qualidade da água a nível nacional. É uma honra muito grande este reconhecimento. É uma honra para Montalegre, para todos os barrosões. O que devemos sublinhar é que estamos perante uma água que obedece aos parâmetros exigíveis pela União Europeia para ser posta ao consumo humano. Isto quer dizer que os barrosões bebem água de excelente qualidade.

Dizer, também, que vivemos uma situação ainda mais difícil do que a pandemia. Tem a ver com a ausência de chuva. Não havendo chuva, não há água. Felizmente, no contexto nacional, não somos quem corre mais perigo. No entanto, temos que estar solidários com aqueles que estão a correr perigo, nomeadamente as regiões do Sul - Alentejo e Algarve. Em boa hora o município de Montalegre aderiu às Águas do Norte. Desde há dois anos que estamos a consumir água por essa via. É essa água que está a ter este reconhecimento público. Face a este terrível contexto, a gestão da água vai ser, porventura, o desafio maior que os municípios vão ter pela frente. Caso não chova nos próximos meses, podemos ter consequências gravosas para a vida de todos nós. Esperemos não ter que proceder a cortes generalizados

A verdade é que se não tivéssemos aderido às Águas do Norte, estaríamos agora com cortes, por exemplo, no abastecimento de água à vila de Montalegre. Isto porque os 800 mil litros de água diária que eram retirados do Rio Cávado, este não tem manancial para abastecer a vila. Este facto é uma forma de louvar a capacidade dos autarcas de Montalegre em ver longe. Sabemos preparar o futuro.»
Ver comentários