Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Morreu o músico Pedro Gonçalves dos Dead Combo

Contrabaixista tinha 51 anos e lutava contra um cancro.
Sónia Dias 5 de Dezembro de 2021 às 07:36
A carregar o vídeo ...
Morreu o músico Pedro Gonçalves dos Dead Combo
O músico português Pedro Gonçalves morreu este sábado, na sua casa em Lisboa, aos 51 anos. O contrabaixista dos Dead Combo perdeu a luta contra o cancro que enfrentava há três anos. O agravamento do seu estado de saúde já tinha obrigado a cancelar os concertos que a banda tinha agendados até ao final do ano.

No início de novembro, os Dead Combo anunciaram o cancelamento de 15 concertos previstos para esse mês e para dezembro, deixando assim em suspenso a digressão ‘Fim’, que assinalava o final da história da banda. Em causa estava a saúde de Pedro Gonçalves. Na altura, o CM apurou que o músico se preparava para iniciar um novo ciclo de tratamentos motivados pela situação oncológica com a qual se debatia desde 2019.

Já em setembro do ano passado, o grupo tinha adiado concertos pelo mesmo motivo, depois de ter regressado para alguns concertos em julho.

Pedro Gonçalves fundou os Dead Combo em 2002, juntamente com o guitarrista Tó Trips, tendo a dupla lançado seis álbuns, entre os quais ‘Lusitânia Playboys’ (2008), ‘Lisboa Mulata’ (2011), ‘A Bunch of Meninos’ (2014) e ‘Odeon Hotel’ (2018).

A 1 de outubro de 2019, Tó Trips e Pedro Gonçalves anunciaram o fim dos Dead Combo: “Decidimos acabar, mas acabar em grande. Não é um final triste, há muita coisa para ser celebrada. De uma forma concreta, acabamos como começámos: os dois.”

Até à hora de fecho da edição ainda não havia quaisquer informações sobre as cerimónias fúnebres.
Pedro Gonçalves Dead Combo Lisboa Tó Trips artes cultura e entretenimento música música doença cancro
Ver comentários