Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Adiado filme de Hollywood ‘Kill Bin Laden’

A realizadora do filme ‘Estado de Guerra’, Kathryn Bigelow, recebeu uma enorme dor de cabeça quando Barack Obama anunciou a morte de Osama Bin Laden, neste domingo: em avançado estado de produção, o novo filme da cineasta, ‘Kill Bin Laden’, teve de ser cancelado. Será retomado mais tarde, mas ainda não se conhecem novas datas.
3 de Maio de 2011 às 13:20
Realizadora do filme 'Kill Bin Laden' ganhou o Óscar graças a 'Estado de Guerra'
Realizadora do filme 'Kill Bin Laden' ganhou o Óscar graças a 'Estado de Guerra' FOTO: d.r.

A obra, tal como estava inicialmente prevista, centrava-se numa missão militar, na fronteira do Paquistão com o Afeganistão, que acabava mal e cujo objectivo era encontrar o nome forte da rede terrorista al-Qaeda.

O argumentista da obra, Mark Boal, disse à ‘Variety’ que a recente notícia da morte de Bin Laden parou todo o processo e vai levar a uma total reescrita do guião, para poder incluir a recente operação norte-americana.

Boal, que tem contactos com as forças de inteligência do Exército norte-americano e experiência no jornalismo de investigação, criou grande parte do guião depois de ter seguido várias missões das forças americanas em busca de Bin Laden.

No entanto, a acção de ‘Kill Bill Laden’ arranca em 2001, atendendo aos ataques das Torres Gémeas de Nova Iorque.

Ex-mulher de James Cameron, Kathryn Bigelow recebeu o Óscar de Melhor Realizadora no ano passado graças a ‘Estado de Guerra’.

bin laden kill bin laden hollywood kathryn bigelow
Ver comentários